Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

IVETE GRAVIDÍSSIMA, ZECA E OS MELHORES DA MÚSICA

RECONHECIMENTO, BRINCADEIRAS, REVELAÇÕES E ROMANCE MARCAM FESTA DO 16º PRÊMIO MULTISHOW

Redação Publicado em 25/08/2009, às 11h35 - Atualizado às 12h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A 16ª edição do Prêmio Multishow não foi marcada apenas pela escolha dos melhores do ano de 2008 no universo musical. Com o seu barrigão de oito meses, Ivete Sangalo (37) protagonizou um dos momentos inesquecíveis da noite, ao se apresentar em dueto com Zeca Pagodinho (50) no Citibank Hall, Rio de Janeiro. Usando look esvoaçante de Dudu Bertholini (28), que facilitou sua mobilidade no palco, a cantora pulou e dançou enquanto interpretava um potpourri com as músicas A Falsa Baiana e Deixa a Vida me Levar. Na plateia, a cantora Preta Gil (34), que entregou com Reginaldo Rossi (65) o troféu de Melhor Show para o grupo Capital Inicial, não escondeu o orgulho ao falar sobre a amiga. "A apresentação foi uma prova de amor aos fãs. Ivete teve muita coragem, já que existe essa onda de gripe suína. Poderia ter ficado em casa, coçando a barriga. Mas não fiquei apreensiva ao vê-la pulando. Ela malha todos os dias e tem preparo físico para isso", revelou Preta. Ivete, que não pôde dar entrevistas nem se sentar com os convidados, seguindo orientações médicas, optou por comentar sobre sua perfomance no site de relacionamentos Twitter. "Estou pulando faz tempo! Foi tudo lindo!", postou a baiana, que não confirmou a informação de que espera mesmo uma menina e vai batizá-la com o nome de Maria Eduarda. Além do brilho de Ivete, os destaques da noite foram Marisa Monte (42) e a banda Skank, com duas estatuetas cada. Com estilo sóbrio, Marisa subiu ao palco pela primeira vez para receber de Luiza Brunet (45) e de Falcão (51) o troféu de Melhor DVD por Infinito ao Meu Redor. Mais tarde, ganhou de Mallu Magalhães (16) e Marcelo D2 (41) o de Melhor Cantora. Já o grupo mineiro venceu a categoria Melhor Clipe do Ano por Ainda Gosto Dela, e o prêmio Iniciativa, apresentado por Regina Casé (55), em reconhecimento à divulgação da música em novas mídias. "Web é isso e a gente está cada vez mais próximos de vocês, que nos dão um ótimo feedback", agradeceu Samuel Rosa (43), vocalista do Skank. A interatividade também ganhou destaque com a mestre-de-cerimônia Fernanda Torres (43), que em vários momentos fez referência a redes sociais da internet. Vestida com modelo de couro vermelho de Reinaldo Lourenço (47), ela foi responsável por manter o ritmo bem-humorado e informal da cerimônia. "Todo dia quando acordo, acho que meu cabelo está igual ao da Vanessa da Mata", comentou Fernanda, arrancando gargalhadas do público ao se referir à imensa cabeleira da cantora, que entregou a láurea de Melhor Cantor a Seu Jorge (39). Outro momento marcante da noite foi a homenagem especial a Rita Lee (61), comandada por seu primogênito, o músico Beto Lee (32). Ele primeiro apresentou um vídeo em que narra a trajetória da mãe e depois surgiu com a filha, Isabella (3), para entregar o troféu. Com seu habitual bom humor, Rita, que estava de tipoia no braço direito por causa de um acidente doméstico, divertiu a plateia. "Cá entre nós, vovó preferia esse prêmio em dinheiro para ajudar na despesa da cirurgia que vai consertar a asinha. Minha conta é a mesma da Igreja Universal, nas Ilhas Cayman. Joguem os dízimos. Hare Baba!", brincou, após agradecer pelo show que reuniu Gilberto Gil (67) com o filho Bem (24), João Barone (47), Liminha (58) e Pitty (31), além de Beto Lee, na releitura de clássicos como Ovelha Negra, Mania de Você e Lança Perfume. A calorosa manifestação do público também foi dirigida às bandas novatas, como Fresno. Os roqueiros conquistaram o título de Melhor Grupo, desbancando nomes consagrados como Jota Quest. "Estou recebendo um prêmio do Caetano Veloso", emocionou-se o baixista Rodrigo Tavares (27). O cantor baiano anunciou o êxito de Fresno na companhia do filho e também compositor Moreno Veloso (36), da relação com Dedé Gadelha (57). Além das premiações e apresentações musicais, como a que reuniu Nina Becker (35), Maria Gadú (22) e Roberta Sá (28) com D2 e Seu Jorge em Pode Acreditar, o evento foi cenário para cenas românticas de novos casais. A atriz Mariana Rios (23) e Di Ferrero (23), vocalista do grupo NX Zero, assumiram o namoro iniciado há poucas semanas e se divertiram com uma coincidência: eles se conheceram na edição do ano passado do Prêmio Multishow. Com vestido sensual preto da grife Amelie e scarpin na cor rosa choque, Mariana chegou ao Citibank Hall pouco antes da apresentadora Dani Monteiro (27) e do cantor Nando Reis (46) laurearem a banda de seu namorado com o troféu de Melhor CD, por Agora. Após o anúncio, Di e Mariana protagonizaram uma calorosa cena de beijo. "A torcida era para ele, não tinha como ser diferente (risos). Mas já admirava o trabalho antes mesmo de namorá-lo", elogiou a atriz, que se prepara para se lançar como cantora em setembro. "Minhas canções falam sobre a vida, paixões, desilusões, mentiras e prazeres", explicou Mariana. Quem também aproveitou a noite para se declarar foi o rapper Mr. Catra (40), que não resistiu à cantora Ana Carolina (34). "Olha a boca dessa mulher", derreteu-se, antes de entregar o troféu de Melhor Música para Vanessa da Mata, por Amado. O tom descontraído do prêmio se perpetuou na festa para 1200 convidados no Itanhangá Golf Club. De mãos dadas e com largo sorriso no rosto, Lise Grendene (23) e o rapper Tulio Dek (24), ex de Cleo Pires (26), também assumiram o relacionamento. "Estamos juntos há três meses. Vim prestigiar o Tulio nessa fase fantástica de sua carreira", disse a modelo, referindo-se à indicação do amado ao prêmio de Revelação. O cantor, que perdeu a disputa para a Banda Cine, curtiu a pista de dança até a madrugada, ao lado da amada. "Não há motivo para tristeza. Só a indicação já foi um presente incrível", disse Tulio, embalado pelo repertório musical do DJ e stylist José Camarano (29). A surpresa da noite ficou por conta do filho do meio de Caetano Veloso, Zeca (17), do casamento com Paula Lavigne (40), com quem também teve Tom (12). O jovem mostrou-se um DJ experiente e agitou com um eclético set list que incluía funk, rock, house, samba e axé. A performance deixou Caetano orgulhoso. Assediado por vasto time feminino, ele ainda arriscou alguns passos, em coreografia improvisada. De rosto colado, se divertiu com a advogada Juliana Amador (25). Depois, trocou conversas ao pé-do-ouvido com a DJ carioca Mariana Costa Pinto (33). Apesar do clima intimista, o cantor garantiu que as duas eram apenas boas amigas e deixou a festa sozinho. "Eu confesso que estou cansado, mas adorei essa confraternização", comemorou Caetano.