Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Irène Jacob e Charlotte Rampling incorporam o espírito carioca

Estrelas do filme Rio Sex Comedy com os americanos Bill Pullman e Fisher Stevens, elas se divertem na mostra cinematográfica

Redação Publicado em 06/10/2010, às 12h39 - Atualizado em 10/10/2010, às 11h06

Em première no Festival do Rio, a festa de Nadkarni, Irène, Charlotte, Bill, Fisher, o diretor Jonathan Nossiter e as atrizes brasileiras Daniela Dams, Branca Messina e Giselle Ingrid. - IVAN FARIA
Em première no Festival do Rio, a festa de Nadkarni, Irène, Charlotte, Bill, Fisher, o diretor Jonathan Nossiter e as atrizes brasileiras Daniela Dams, Branca Messina e Giselle Ingrid. - IVAN FARIA
O mesmo clima de descontração, intimidade e bom humor que deu o tom das filmagens do longa franco-brasileiro Rio Sex Comedy também pontuou a première do filme, de Jonathan Nossiter (48), no Festival do Rio, no Cine Odeon. Nascido nos EUA, mas criado na França e radicado há seis anos no Brasil, o diretor chegou acompanhado da mulher, a fotógrafa paulistana Paula Prandini, e foi logo avisando em um português quase já sem sotaque. "Se tiver alguém aqui politicamente correto, melhor sair antes de começar a exibição (risos)", divertiu-se ele, ao lado do elenco composto pela diva britânica Charlotte Rampling (64), o documentarista inglês Bob Nadkarni, a estrela francesa Irène Jacob (44), os astros americanos Bill Pullman (56) e Fisher Stevens (46), além das atrizes brasileiras Daniela Dams (27), Branca Messina (25) e Giselle Ingrid (27). Segundo Jonathan, a intenção foi desmistificar clichês criados pelos estrangeiros sobre o Rio com linguagem carregada de ironia e humor. "Assim, caíram ideias preconcebidas que tínhamos a respeito das favelas e até do culto exacerbado ao corpo, que pode ter uma motivação emocional e não estética" , explicou ele, dono de um currículo com indicações ao Urso de Ouro no Festival de Berlim, por Signs & Wonders, e à Palma de Ouro em Cannes, pelo documentário Mondovino, além de ter conquistado no Sundance Film Festival os prêmios de Melhor Filme e Roteiro, com Sunday. Após a sessão, os atores estenderam a noite no restaurante Aprazível, em Santa Teresa. Com caipirinha, brindaram ao sucesso da produção, que deve chegar aos cinemas no início de 2011. "Só ter vindo para cá já fez tudo valer a pena. Foi um dos melhores períodos da minha vida", disse Irène, Melhor Atriz em Cannes por A Dupla Vida de Véronique. "No Rio, sinto que posso me divertir, amar e fazer qualquer coisa que tenha vontade sem o menor complexo", exaltou Charlotte, atriz de Sob a Areia e Swimming Pool, para o produtor Santiago Amigorena (48) e a socialite Claude Amaral Peixoto (65).