Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Igor Cosso define seu personagem como 'um moleque na fase da pegação'

Igor Cosso fala sobre seu personagem em 'Amor Eterno Amor' e revela seu lado espiritual, em entrevista à CARAS Online

Redação Publicado em 27/03/2012, às 13h52 - Atualizado em 10/06/2012, às 16h35

Igor Cosso - Divulgação/ Rede Globo
Igor Cosso - Divulgação/ Rede Globo

Após uma temporada de seis meses em Malhação, Igor Cosso (19) estreou no horário das seis com o personagem Julinho, em Amor Eterno Amor. Na trama, ele é um jovem ‘na fase da pegação com os hormônios bombando’ – como o próprio ator define.

“O Julinho é um moleque menor de idade, de bem com a vida, boa praça”, disse Igor, em entrevista à CARAS Online. Na trama, Julinho quer se casar com Laís, vivida por Jéssika Alves.

O ator acha importante falar sobre a paixão na juventude e se diz pronto até para discutir a gravidez na adolescência. “Se corre esse risco eu não sei, mas abordar esse tema é natural. Meninas não engravidam? Todos os temas devem ser abordados, discutidos. A falta de informação é o pior remédio pra cabeça das pessoas. E felizmente, a televisão faz isso, leva informação para lugares que não tem”, comentou.

Espiritualidade

Outro tema de destaque na trama de Elizabeth Jhin é o espiritismo, presente no núcleo central da história. Igor mostra ter ligação com o universo espírita. “Eu acredito muito na energia das pessoas, dos lugares.. Você de repente entra em um lugar ou encontra uma pessoa e seu estado de espírito se altera na hora, alguma coisa tem. Quando você esta carregado de energias positivas, você lida com o dia a dia bem melhor. Acredito que para se energizar, você tem que ficar perto das pessoas que você ama e fazer coisas, bem pessoais, que você mais gosta, como um ritual. Religião pra mim é espiritualidade. Minha espiritualidade está nisso, em tentar atrair o bem pra mim”, comentou.

Parte de sua crença vem de sua mãe. “Eu cresci ouvindo muito sobre o tema. Sabe quando você conhece uma pessoa do nada e ela se torna alguém muito importante em sua vida, que você tem muita afinidade? É um encontro, que não podemos negar, o destino proporcionou. Minha mãe diria que você já conhecia essa pessoa de outras vidas. Eu ainda estou amadurecendo essa idéia”, disse.

E parece que o destino tem soprado a favor de Igor. Além da novela, o ator também estará no ar no canal pago HBO, com a série Preamar, gravada no ano passado. “Estreia esse ano. É uma mega produção muito bem feita com uma história bem brasileira”, comentou.