Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

HELENA RANALDI BRINDA AOS SEUS GRANDES AMORES

NA PRESENÇA DA FAMÍLIA, ELA ENCENA A PEÇA A MÚSICA SEGUNDA, QUE DISCUTE O SENTIMENTO

Redação Publicado em 11/08/2009, às 13h26 - Atualizado às 13h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Na estreia da peça A Música Segunda, que fala sobre o amor, Helena Ranaldi (43) vibrou ao se ver cercada por três grandes paixões de sua vida: o pai, Marcelo Nogueira (62); o marido, o músico Max Sette (31); e o filho, Pedro (11), da relação com o diretor Ricardo Waddington (48). "Acredito que um amor bem cuidado pode ser eterno", avisa ela. No palco do teatro Maison de France PSA Peugeot Citroën, Rio, a atriz vive Anne-Marie Roche, uma mulher que, após três anos de divórcio, reencontra o ex e chega à Ney Latorraca cumprimenta Helena ao lado de Natália do Vale, Vera Holtz e do casal Angela Vieira e Miguel Paiva. Acima, a atriz com o pai, Marcelo. Ana Botafogo e Eduardo Galvão prestigiam a estreia do espetáculo. conclusão de que o ama eternamente, embora continue mantendo outros relacionamentos com menor intensidade. "É preciso cautela para amar. Quando o sentimento é demais, corre o risco de virar doentio. Paixão tem que ser saudável", decreta Helena, que confessa se empenhar para manter uma feliz relação com Max há qua-se quatro anos. "Temos uma parceria de casamento, me dedico de todas as maneiras que posso e me empenho para nosso sucesso", contou ela. Com Leonardo Medeiros (44) no elenco e dirigida por José Possi Neto (63), a trama encantou a plateia. "O tema da peça é eterno para qualquer mídia", disse Eva Wilma (75) para a neta Gabriela Natalie. Além de bastante prestigiada pela classe artística, a estreia foi assistida pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (48). "Vim ao Rio só para isso. O elenco é muito talentoso. A peça tem tudo para ser um sucesso. É forte e cheia de sentimentos", disse Kassab.