Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Hacker canadense que roubou fotos comprometedoras de Carly Rae Jepsen é preso

Christopher David Long, hacker acusado de roubar fotos comprometedoras do computador pessoal de Carly Rae Jepsen, se entregou à polícia de Vancouver, no Canadá, e foi liberado em seguida, mas terá que comparecer ao tribunal em 4 de janeiro

Redação Publicado em 12/12/2012, às 21h38 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Carly Rae Jepsen - Getty Images
Carly Rae Jepsen - Getty Images

Carly Rae Jepsen (27), que teve fotos em que aparece nua roubadas de seu computador pessoal por um hacker, em março, já pode respirar aliviada. De acordo com a polícia de Vancouver, no Canadá, Christopher David Long (25), hacker acusado pelo furto das imagens e por tentar vendê-las depois, se entregou à polícia na última sexta-feira, 7. As informações são do TMZ.

Acusado de obtenção fraudulenta de serviços de comunicação, uso não autorizado de computador, falsificação de identidade e posse de propriedade roubada, o rapaz já foi liberado, mas terá que comparecer ao tribunal no dia 4 de janeiro para esclarecimentos. O caso foi noticiado em março e, desde então, tem sido acompanhado pela polícia.

Carly Rae Jepsen ficou mundialmente conhecida com o hit Call Me Maybe e por contar com o apoio de Justin Bieber (18) em sua carreira. Os representantes da artista ainda não se manifestaram sobre o caso.