Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Gustavo Kuerten vence Novak Djokovic em amistoso no Maracanãzinho

Em uma partida amistosa, Gustavo Kuerten venceu o tenista sérvio Novak Djokovic neste sábado, 17, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro

Redação Publicado em 18/11/2012, às 00h33 - Atualizado às 10h44

Em partida amistosa, Guga vence o sérvio Novak Djokovic - Rosane Bekierman / Divulgação
Em partida amistosa, Guga vence o sérvio Novak Djokovic - Rosane Bekierman / Divulgação

Este sábado, 17, foi um dia especial para Gustavo Kuerten (36). Ao lado da família e com o Maracanãzinho lotado e um público muito animado, o tricampeão de Roland Garros venceu o tenista sérvio Novak Djokovic (25) numa partida amistosa no Rio de Janeiro.

Guga e o número 1 do mundo foram ovacionados ao entrar em quadra. Djokovic surpreendeu a plateia ao entrar vestindo uma camiseta da Semana Guga Kuerten 2012, em homenagem ao amigo. Em seguida, os dois ouviram os respectivos hinos nacionais.

Antes do jogo Guga agradeceu o gesto dos torcedores. “Esse carinho é a maior conquista da minha carreira”.

“Só tenho que agradecer ao Djoko e ao público por essa oportunidade. Eu não esperava desenhar pela terceira vez um coração no saibro. Mas, foi a forma que encontrei para agradecer o carinho de todos, especialmente do Djokovic e de todo esse público”, declarou o tricampeão de Roland Garros em retribuição à torcida de cinco mil pessoas.

Guga também agradeceu a atitude do amigo sérvio. “A vitória é uma felicidade enorme, mas foi o que menos significou. Só de estar aqui ao lado dele, foi uma grande oportunidade. Ele fez a maior parte, um grande esforço e eu só fiz o meu papel”.

Novak Djokovic retribuiu o elogio. “Essa é a sua quadra, a sua torcida, você merece vencer. Espero que vocês entendam o quanto isto significa para mim. Guga é um dos tenistas mais amados da história. Hoje ele mostrou o porquê. Agradeço ao Guga por ter feito essa noite tão especial. Eu vou voltar ao Brasil, com certeza. Obrigado a todos!”, declarou.