Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Glória Perez relembra os 19 anos da morte da filha Daniella Perez

Redação Publicado em 28/12/2011, às 02h03 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Glória Perez revela tema de sua próxima novela - Divulgação / TV Globo
Glória Perez revela tema de sua próxima novela - Divulgação / TV Globo
Glória Perez registrou em seu blog nesta terça-feira, 27, a dor que sente pela perda da filha Daniella Perez, assassinada em 1992. "São 19 anos, mas no meu sentimento não se passou nem um dia, nem uma hora, nem um segundo. E nunca vai passar!", escreveu a autora da Globo

Já faz 19 anos que Daniella Perez morreu de forma brutal. Glória Perez (63), que frequentemente torna pública a sua revolta contra os autores do assassinato que chocou o País em 1992, se indignou novamente contra a justiça e os responsáveis pela morte de sua filha.

"São 19 anos, mas no meu sentimento não se passou nem um dia, nem uma hora, nem um segundo. E nunca vai passar!", escreveu a autora global que tem trabalhado em sua próxima novela, ambientada na Turquia, e que tem estreia prevista para 2013.

"Agora é que os dois assassinos, Guilherme de Pádua Thomaz e Paula Nogueira Peixoto (na época Paula Thomaz), deviam estar se preparando para sair da cadeia, se a sentença de Tribunal do Júri fosse respeitada entre nós!", protestou. O casal cumpriu seis anos de detenção.

"Ele [Guilherme de Pádua] casou-se com outra Paula, e como o Thomaz é nome de família, transformou a nova mulher em Paula Thomaz também. Sempre ávido pelos holofotes, usa o crime cometido como capital, e vive dele, dando palestras e fazendo pregações a fieis incautos", criticou Glória.

Daniella Perez foi morta após gravar cenas da novela De Corpo e Alma, escrita por Glória, no Rio de Janeiro. Na trama, ela fazia par romântico com Pádua.