Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Globo faz tributo para Chico Anysio com reexibição de 'Chico & Amigos'

Milton Gonçalves escreve texto que será exibido durante o especial em tributo ao humorista Chico Anysio

Redação Publicado em 23/03/2012, às 18h52 - Atualizado às 19h06

Chico Anysio - Arquivo CARAS
Chico Anysio - Arquivo CARAS

Para homenagear o humorista Chico Anysio (1931-2012), a Rede Globo exibirá um programa em tributo ao artista morto nesta sexta-feira, 24. A atração será a reexibição do especial Chico & Amigos logo após o último capítulo de Fina Estampa na noite deste sábado, 24. O programa traz personagens memoráveis interpretados por ele, como Tavares, Azambuja, Coalhada, Bento Carneiro, Popó, Painho, Salomé, Santelmo, Professor Raimundo e outros. O ator Milton Gonçalves (77) preparou um texto especial falando da carreira do artista.

Alguns famosos também farão participações especiais no programa, em que serão recriadas situações e bordões. Entre os artistas escalados estão Carol Castro(28), Juliana Alves (29), Ellen Rocche (32), Totia Meireles (53), Alexandre Borges (46), Juliana Didone (27), Dira Paes (42), Lima Duarte (81) e Edson Celulari (54).

Na primeira parte, aparecerá o navio Ventos Anysios, em que personagens e seus familiares agitarão as cenas. Logo após, será exibido um show com Chico e uma homenagem aos 57 anos da Escolinha do Professor Raimundo, formada por papéis interpretados por ele.

A emissora também decidiu homenagear o humorista com um filme relembrando momentos da carreira dele e alguns de seus mais de 200 personagens. A Globo produziu um vídeo de 15 segundos durante esta sexta-feira, 23, com as imagens e veiculará a produção nos intervalos da programação entre sexta e domingo, 25. No filme, o público poderá ouvir a música de abertura do programa Chico Total e ao final uma salva de palmas para o artista. 

Saiba mais dos personagens que aparecerão no tributo:

Azambuja – é um malandro profissional que já foi jogador de futebol e cantor. Bordão: “Estou contigo e não abro”.

Tavares – é o príncipe das mulheres, mas faz de tudo para fugir das responsabilidades e ganhar dinheiro. Bordão: “Sou, mas quem não é? Certo. Biscoito!”

Pantaleão – gosta de ficar na sua cadeira de balanço na companhia de sua mulher, Dona Terta, e do menino que decidiu criar, Pedro Bó, e também de contar casos. Bordão: “É mentira, Terta? Pois bem... Numa ocasião em 1927...”

Haroldo – foi personal trainer só de homens por muito tempo, mas agora quer conquistar as mulheres a todo custo. Bordão: “Agora sou hétero. Mordo você todinha. Sabia que eu mordo você todinha?”

Quem-Quem – garçom que sempre encontra seus amigos dos tempos da escola, apesar de não ter terminado os estudos. Bordão: “Morro tenso, mas não perco a pose”

Coalhada – é um dos grandes nomes do futebol nacional e já fez muitos gols. Bordão: “Mas hein, mas hein? Que o Coalhada é isso, que o Coalhada é aquilo”.

Bento Carneiro – é a prova de que o Brasil também tem vampiros e sempre se mete em confusão com o parceiro Calunga. Bordão: “Vampiro brasileiro... Pzztt... Não crê neu papudo se finouce, hehehe”.

Justo Veríssimo de Santo Cristo – é deputado federal de Pernambuco e não gosta de pessoas de classe mais baixa que a sua. Bordão: “Quero que pobre se exploda! Eu tenho horror a pobre. Horror”.

Popó – é um museólogo aposentado que afirma ter vivido com pessoas com mais de 300 anos, mesmo que as pessoas não acreditem, ele já tem 364 anos. Bordão: “Você é idiota! Você é iiidiota!”

Gastão – trabalha como diretor de produção de uma emissora de televisão e faz de tudo para não perder dinheiro. Bordão: “Pão duro? Não. Eu sou controlado. Quer poupar, poupa”.

Urubulino – é o pessimista.

Painho – ajuda personalidades baianas a saber sobre o futuro e a sorte. Bordão: “Affe! Tô morta! Eu sou doido por essa neguinha”.

Salomé – ex-professora do presidente, ela liga sempre para ele durante o mandato para fazer cobranças. Bordão: “Barbaridade. Tchê”.

Raimundo – professor da Escolinha, ele costumava dar aula para pessoas famosas. Bordão: “Vai comendo Raimundo. E o salário, ó!”.

Santelmo – não consegue dizer uma mentira e é apaixonado pela mulher, Dona Dadivosa. Bordão: “Tem que ser que nem que eu sou... Durão! Eu não sei mentir...”.

Nazareno – funcionário público e desperta a raiva de todos pela forma como trata a mulher. Bordão: “Ca-la-da! Tá com pena. Leva para você”.

Silva – as mulheres enlouquecem por ele, que não tem nenhum atributo que chame a atenção. Bordão: “Safadim e... Bunitim... Vamos comer uma panelada na casa de cheroso...”.

Bozó – jura que trabalha na Rede Globo, mas a empresa nega. Bordão: “Eu, eu, trabalho na Globo, tá legal!”.

+ Famosos lamentam morte de Chico Anysio
+ ‘Tenho pena de morrer porque são tantas as ideias para realizar’, diz Chico Anysio em sua última entrevista a CARAS
+ Chico Anysio queria ser jogador de futebol. Conheça a história e veja vídeos do humorista
+ TV CARAS: Em 2008, Chico Anysio mostrou seu lado artista plástico
+ 'Chico Anysio é o mago do humor', diz Castrinho
+ Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, lamenta a morte de Chico Anysio
+ Família de Chico Anysio está reunida no hospital
+ 'Chico Anysio é o maior artista de todos os tempos', diz Claudia Jimenez
+ As participações de Chico Anysio em novelas e séries
+ ‘Nosso mestre deixa saudade’, diz Fabiana Karla sobre Chico Anysio
+ Corpo de Chico Anysio será velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro
+ Chico Anysio morre aos 80 anos no Rio de Janeiro