Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Giselle Motta é revelação em 'O Palhaço'

Dançarina, atriz e formada pelo circo, a revelação Giselle Motta encanta com sua beleza no filme 'O Palhaço', de Selton Mello, que foi apresentado durante o Festival Paulínia de Cinema 2011

Redação Publicado em 09/07/2011, às 20h40 - Atualizado às 20h44

Giselle Motta - Francisco Cepeda/AgNews
Giselle Motta - Francisco Cepeda/AgNews

Giselle Motta (28) ainda é um talento a ser descoberto. A atriz faz sua estreia no cinema no filme O Palhaço, de Selton Mello (38), que foi apresentado ao público na noite de sexta-feira, 8, durante o Festival Paulínia de Cinema. A sessão estava lotada e, por esse motivo, organizadores do evento liberaram outra sessão após a exibição para convidados e para a imprensa.

Para Giselle, retornar ao mundo circense - tema central em O Palhaço - teve muita significância nesta altura de sua carreira. "Tive a possibilidade de trabalhar no circo há 10 anos. Trabalhei em um grupo circense norte-americano; eu dançava e também montava em elefantes. Retornar a esse universo agora, com o filme, foi muito emblemático", ressaltou a atriz em entrevista a CARAS Online.

A moça é dançarina por formação. "A dança, na verdade, sempre acompanhou minha vida, a interpretação que veio depois", afirmou. Sua relação com as artes cênicas chamaram a atenção de Selton que, na hora de formar o elenco de seu filme, deu a Giselle um papel importante na trama: Guilhermina, uma performática atriz e dançarina da trupe de circo de O Palhaço. Além de encantadora, ela tem um lado obscuro que irá intrigar o público.

"Foi importante participar do filme, mesmo a Guilhermina sendo um pouco mau caráter, porque a mensagem de O Palhaço é muito importante. Fala de crise de identidade, das escolhas do caminho para a felicidade que, para encontrar, precisamos saber quem somos, quais são nossas aptidões, nossos talentos; eu espero que essa mensagem fique clara", resumiu.