Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Giovanna e Paola vestem camisa da luta contra o câncer de mama

No simbólico Outubro Rosa, elas prestigiam exposição e livro que exaltam a história de mulheres que venceram a doença

Redação Publicado em 06/10/2010, às 12h31 - Atualizado em 10/10/2010, às 11h07

Giovanna Ewbank ...
Giovanna Ewbank ...
Antenadas não só à moda e beleza, as atrizes Giovanna Ewbank (24) e Paola Oliveira (28) participaram de um dos primeiros eventos do Outubro Rosa - mês dedicado à luta contra o câncer de mama no mundo todo. Lindas, elas brilharam na abertura da exposição De Peito Aberto, promovida pelo Instituto Avon e integrante da Campanha Avon Contra o Câncer de Mama, no Conjunto Nacional, em SP. "Vejo que ainda falta muita informação; 60% dos casos são descobertos quando já estão em estágio muito avançado. É essencial ir ao médico", diz Giovanna, que veio do Rio só para o evento. "Os números são assustadores e causas como esta precisam ser divulgadas", completa Paola, no elenco das inéditas séries globais As Cariocas e Afinal, o que Querem as Mulheres? O projeto, parceria entre o fotógrafo Hugo Lenzi (55) e a jornalista Vera Golik (49), surgiu em 2006, após eles vivenciarem casos de câncer em suas famílias. "A idéia é sensibilizar a sociedade", diz Vera. "O desafio é revelar as emoções vividas por elas em cada etapa do tratamento", fala Hugo, apoiado ainda pelo Grupo Farmacêutico Sanofi-Aventis por meio da Lei Rouanet. A exposição itinerante já foi vista por mais de 1 milhão de pessoas e, ali, incluiu 49 painéis de 46 mulheres de todo o Brasil que já tiveram câncer, como a artista plástica Edith Neves (70) e a atriz Dalva Sandes (56), cuja foto ilustra a capa do livro. "No início, temia perder a mama, mas encontrei médicos maravilhosos e fui vitoriosa", relata Dalva, aplaudida pela estudante Gisele Lozovoi Cifarelli (39), ainda em tratamento, clicada para nova versão da mostra. O evento teve ainda a participação da ministra-chefe da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire (58), do presidente da Avon Brasil, Luis Felipe Miranda (50), e de Rita Dardes (41) e Lírio Cipriani (66), diretora médica e diretor executivo do Instituto Avon. "Em sete anos, já possibilitamos a realização de cerca de 300000 mamografias. Estamos orgulhosos das conquistas alcançadas", diz Miranda.