Gal Costa lança disco com Caetano Veloso e admite que já tiveram "um clima"

Os cantores Gal Costa e Caetano Veloso gravaram entrevista a Jô Soares na tarde desta terça-feira, 29. O novo disco de Gal, 'Recanto', tem batida eletrônica e letras compostas por Caetano

Publicado terça 29 novembro, 2011

Os cantores Gal Costa e Caetano Veloso gravaram entrevista a Jô Soares na tarde desta terça-feira, 29. O novo disco de Gal, 'Recanto', tem batida eletrônica e letras compostas por Caetano
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares - Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação

Uma forte chuva de verão caía sobre São Paulo enquanto Gal Costa (66) e Caetano Veloso (59) se preparavam, na tarde desta terça-feira, 29, para uma entrevista a Jô Soares (73), na Globo. Se o clima do lado de fora não era dos melhores, no estúdio, bastante à vontade, Gal ensolarava as almas da plateia. Levantou-se para cumprimentar os músicos do sexteto, que tocava Pra Machucar Meu Coração. Não resistiu e soltou a voz, baixinho. Os técnicos abriram o microfone e pronto: o show começava antes mesmo da entrada do apresentador.

Amigos desde a década de 1960, Gal e Caetano se esbarraram pela primeira vez ainda em Salvador, e têm sido parceiros eventuais desde então. De cara, logo na abertura do programa, Jô tentou arrancar detalhes da relação que já dura quase cinquenta anos. "Quando vocês se conheceram, lá no começo, pintou um lance de romance?", perguntou. Sentada entre Jô e Caetano, Gal se apressou em responder: "Romance propriamente dito, não. Clima, sim".

Esse clima - que sobreviveu à juventude, à fama, ao exílio e a tantos festivais - agora virou disco. Gal e Caetano estão lançando juntos o álbum Recanto, com o qual ela vai sair em turnê em 2012, dirigida por Caetano. Com batida eletrônica, o álbum traz composições dele (apenas duas não inéditas) na voz dela. "Caetano teve a ideia. Ele já vinha pensando nisso. Então me disse que queria, e eu topei", contou Gal. "Fiquei sonhando em fazer um disco com canções escritas só para ela", disse Caetano, que já há algum tempo se assumiu entusiasmado com a música feita com ajuda do computador.

A entrevista foi intercalada com interpretações de faixas do novo álbum, como Recanto Escuro. "Quando Caetano mandou essa música pela primeira vez, chorei. [A letra] tem aspectos da biografia dele e da minha, então me comoveu muito", disse a cantora. "O tratamento do disco é eletrônico. Mandamos para ela com sons muito ásperos, e fiquei com medo de assustá-la. Então ela colocou a voz guia, e nunca mais mudamos. Ficou com a primeira voz que ela colocou", revelou o músico. 

O Programa do Jô especial com Gal e Caetano vai ao ar na próxima segunda-feira, 5. Ao longo da entrevista, Gal também cantou músicas que marcaram a carreira, como Baby e Meu Bem, Meu Mau, sempre com Caetano a acompanhando no violão. Os dois também falaram sobre a amizade com João Gilberto (80) - econômico no palco, mas muito tagarela fora dele, segundo Caetano - e as experiências, na juventude, com álcool e drogas. De casa, o telespectador não vai perder o improviso de Gal em Pra Machucar Meu Coração. A pedido do apresentador, a cantora repetiu a interpretação da música  - desta vez diante dos olhos dele - para encerrar o programa.

Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Caetano Veloso, Gal Costa e Jô Soares / foto: Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação

Último acesso: 02 Dec 2021 - 16:21:34 (180381).

Leia também

TV CARAS