Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Força Tarefa com ‘pegada cinematográfica’

Murilo Benício, Fabíula Nascimento e Milton Gonçalves continuarão no elenco do seriado 'Força Tarefa', que estreia sua última temporada

Redação Publicado em 26/09/2011, às 16h44 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Murilo Benício - Ricardo Leal / PhotoRio News
Murilo Benício - Ricardo Leal / PhotoRio News

A TV Globo apresentou nesta segunda-feira, 26, o elenco para a terceira e última temporada do seriado Força Tarefa. A atração vai ao ar a partir do dia 3 de novembro, sempre às quintas feiras. Além de um elenco completamente modificado – as exceções ficam por conta de Murilo Benício (40), vivendo o Capitão Wilson, Fabíula Nascimento (32) e Milton Gonçalves (77) -, o seriado ganha uma versão quase cinematográfica. Durante a apresentação, o diretor da trama, José Alvarenga Júnior, explicou as mudanças, principalmente com relação às imagens. “Há muitos anos, a televisão flerta com o cinema. Neste gênero, especificamente – o policial – esse flerte é ainda maior. É uma fonte inesgotável. Por isso, nós achamos que era importante oferecer ao público uma terceira temporada com mais qualidade formal e estética. E para nós, o ganho é muito grande, porque se trabalha em outro tempo, é um tempo mais próximo ao cinema, que não é tão preso aos diálogos”, explicou.

Na história, o capitão Wilson vive um drama muito pessoal. Além de ter perdido os companheiros de trabalho em uma emboscada armada para ele, seu casamento entra em uma crise maior ainda. Para isso, Murilo, dessa vez, preferiu perder uns quilinhos – ele ganhou peso para as outras temporadas - e ficar calvo. “Esse cara é completamente diferente dele nas outras temporadas. Está em um lugar de uma crise muito grande. Ele perdeu os amigos, está prestes a perder a mulher e entra em uma depressão profunda. Está em constante reavaliação de sua vida. Se entrega ao alcoolismo, vive em um mundo particular. Então, tem toda uma carga dramática em cima. Isso não é nem um pouco fácil”, completa o ator.