Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Em família, Flávia Alessandra leva a caçula para conhecer parques de Orlando

De férias, Flávia Alessandra e Otaviano Costa levam Olívia para fazer sua primeira viagem internacional

Redação Publicado em 25/07/2012, às 03h43 - Atualizado em 30/07/2012, às 20h27

A família e a babá Lane no parque em Orlando. - -
A família e a babá Lane no parque em Orlando. - -

As férias do casal Flávia Alessandra (38) e Otaviano Costa (39) foram ainda mais especiais este ano. É que a caçula, Olívia (1 ano e 9 meses), fez a sua primeira viagem internacional. Na companhia dos pais, da irmã, Giulia (12), da relação de Flávia com o diretor Marcos Paulo (61), e da babá Lane dos Santos, a menina conheceu a magia dos parques de Orlando, EUA. “Minhas filhas estão em momentos muito distintos, são dez anos de diferença, mas adoram estar juntas. Jujuba curte cuidar da irmã e me ajuda bastante. E fico feliz porque amo passear com as duas”, disse Flávia.

Na visita ao parque Universal Studios Florida, eles se aventuraram na mais nova atração em 3D do lugar, a Despicable Me Minion Mayhem, baseada no filme Meu Malvado Favorito. “Viramos todos crianças aqui”, divertiu-se a atriz. Após a temporada de lazer nos Estados Unidos, Flávia volta ao Rio de Janeiro para se dedicar às gravações da novela Salve Jorge, em que viverá a tenente veterinária Érica. Otaviano também vai trabalhar na trama das 9 assinada por Gloria Perez (63), no ar em outubro.

Já Giulia está pronta para a estreia nos palcos, como a leoazinha Kiara no espetáculo infantil O Rei Leão 2 – O Ciclo da Vida Continua, em cartaz no Rio. “No começo, achei que fosse só uma fase, que logo passaria, mas após quatro anos fazendo cursos de teatro, vi que era isso mesmo o que ela queria. Então, decidi dar todo o apoio à minha filha, senti que ela leva jeito para a carreira”, contou Flávia. “O fato de meus pais serem artistas me influenciou um pouco. Se fosse diferente, não teriatanto contato com o meio  do teatro e da TV, com o pessoal nos bastidores”, admitiu a adolescente.