Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Claudia Alencar lança livro de poesia no Rio de Janeiro

Com incentivo da filha Crystal, Claudia Alencar lança livro de poesia 'Refinamento e Loucura'

Redação Publicado em 13/12/2011, às 14h43 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Na noite de autógrafos de seu quarto livro, a atriz ganha o carinho e flores da caçula. - Roberto teixeira
Na noite de autógrafos de seu quarto livro, a atriz ganha o carinho e flores da caçula. - Roberto teixeira

Sob olhar de admiração da filha, a estudante de administração Crystal (20), do casamento com o empresário Boris Galperin (56), rompido em 2000, a atriz Claudia Alencar (61) organizou no Rio a noite de autógrafos do seu quarto livro de poesia, Refinamento e Loucura. “Não vivo sem ler, escrever e atuar. Crystal sabe disso e é uma das minhas maiores incentivadoras. Tenho um elo com os meus dois filhos muito forte. Chego a tratá-los como bebês. Dou abraço e beijo a toda hora. Somos muito grudados”, ressaltou Claudia, que está no ar como a Adalgisa da novela Vidas em Jogo, da Record. “A nossa amizade é tão grande que, às vezes, parecemos irmãs. Sempre a acompanho e vice-versa. Ela me ajuda muito nos trabalhos da faculdade”, acrescentou a caçula do clã, que presenteou a mãe com um buquê de flores. Já o primogênito de Claudia, o cantor Yann Alencar (23), não esteve presente porque está trabalhando em Nova York. A noite de autógrafos foi prestigiada ainda pelas atrizes Aracy Balabanian (71), Júlia Lemmertz (48) e Silvia Pfeifer (53). “Com a vida corrida é complicado reencontrar os amigos. Acaba que um evento assim reúne pessoas queridas e de alguma forma conseguimos matar um pouco a saudade”, avaliou a anfitriã.

Claudia, que já completou 41 anos de profissão, conta que a decisão de transformar um hobby em trabalho é antiga. Desde 1988, ela vem publicando seus textos. O primeiro livro lançado foi Maga Neón. “Escrevo todos os dias. Tenho diários desde os 12 anos. A arte é uma maneira de me entender, me conhecer e me salvar. É gostoso colocar todos os sentimentos para fora e melhor ainda ser lida por pessoas diferentes”, comemorou a atriz, que também pinta e publica 30 de suas aquarelas no livro.