Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Meirelles: ansioso com novo filme

Redação Publicado em 29/07/2011, às 12h35 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Fernando Meirelles - Miramax Films
Fernando Meirelles - Miramax Films

A margem para erros é quase mínima. Direção magistral, elenco estelar - formado por astros internacionais como Anthony Hopkins (73), Jude Law (38) e Rachel Weisz (41) - e uma história instigante. Não tem como 360, novo longa-metragem do prestigiado cineasta brasileiro Fernando Meirelles (55), dar errado.

Ainda assim, o diretor está ansioso com a estreia do filme no Festival de Cinema de Toronto, no Canadá. Seu novo trabalho terá sua primeira exibição no evento que acontece entre os dias 8 e 18 de setembro. “A expectativa, claro, é a de que o filme passe bem e o público embarque na história, mas o medo da reação me faz preferir não ter que ir à estreia, coisa que não conseguirei evitar. Nessa profissão a gente fica muito exposto. Meu sonho seria ter um Avatar que fosse nestes eventos no meu lugar”, revelou Meirelles em entrevista exclusiva à CARAS Online.

Baseada em peça do escritor Arthur Schnitzler (1862 - 1931), que causou escândalo na sociedade na primeira década do século XX, 360 fala da moralidade sexual, explorando a vida íntima de seus personagens. “São nove histórias que se ligam. Fala sobre como cada acontecimento em nossa vida pode afetar a vida de muitas outras pessoas em outros pontos do planeta. É também uma história sobre várias pessoas boas que tentam fazer a coisa certa, mas que nem sempre conseguem movidos por seus desejos e pulsões”, definiu o próprio diretor.

Com roteiro de Peter Morgan (48) (de A Rainha e Frost/Nixon), o filme é uma coprodução entre Reino Unido, Áustria, França e Brasil. A finalização de imagem e áudio estão sendo realizadas em Londres e Viena, respectivamente, e os efeitos especiais e a pós produção vem sendo concluídos no Brasil, no novo prédio da O2 Filmes, produtora administrada por Fernando.

Assim como sua produção, o elenco do longa-metragem é uma miscigenação de nações, consequência do desafio que Meirelles enfrentou ao decidir reunir uma trupe invejada de atores. “Fiz a lista de atores que admiro e saí convidando. Grande parte deles topou. Fora os atores ingleses conhecidos (Rachel Weisz, Jude Law e Anthony Hopkins), há atores sensacionais como o francês Jamel Debbouze (ator de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain), o alemão Moritz Bleibtreu (Corra Lola Corra), o russo Vladimir Vdovichenko e os brasileiros Maria Flor e Juliano Cazarré, adiantou.