Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Fernanda Vasconcellos explica as dificuldades da recuperação de Ana

A atriz Fernanda Vasconcellos, que vive na pele de Ana, na novela 'A Vida da Gente', detalhou o momento de recuperação de sua personagem

Redação Publicado em 30/11/2011, às 15h05 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Fernanda Vasconcellos - Divulgação/TV Globo
Fernanda Vasconcellos - Divulgação/TV Globo

A atriz Fernanda Vasconcellos(27) está vivendo uma personagem muito marcante em sua vida. Ana, personagem de Fernanda na trama A Vida da Gente, da Rede Globo, ficou em estado vegetativo por vários anos, mas agora despertou e já está voltando ao normal. Para vencer as dificuldades da recuperação ela conta com a ajuda de vários profissionais da área. “É fundamental ter esse aparato. A equipe é o meu guia dentro do estúdio. Estou achando esse momento de recuperação da Ana bem difícil, porque é uma fase muito delicada. Tomamos muito cuidado para que tudo fique o mais real possível”, revelou a atriz ao site oficial da novela.

Segundo a médica Tereza Cristina Lopes Machado, o trabalho começou em junho. A equipe fez uma pesquisa baseada naquilo que a autora desejava dramaturgicamente para chegar, por exemplo, ao tipo de lesão que Ana teria.

Outro ponto avaliado para construção deste momento da trama foi a especialidade deLúcio (Thiago Lacerda , 33), que, inicialmente, seria apenas neurologista, já que acompanharia Ana ao longo dos anos. No entanto, como ele teria que operar Ana, ele passou a ser também neurocirurgião.

“O Thiago fez, inclusive, laboratório com o neurologista Bernardo Liberato. Também tivemos o apoio do neurocirurgião Paulo José e da ouvidora do hospital Patrícia Rosa”, diz a doutora. O enfermeiro Felipe Faconi também faz parte da equipe que auxilia a atriz.

Além disso um trabalho importantíssimo é o da fonoaudióloga, que precisa mostrar evolução na fala de Ana de maneira rápida, porém sem parecer mágica. "Fizemos um esforço para mostrar essa evolução, mesmo que num curto espaço de tempo. A fala não podia ficar atrasada, mas ao mesmo tempo não podia dar impressão de ser uma mágica”, comenta a médica Mariana Chrispim

Elogios também não faltam a atriz. "Fica muito mais fácil. Não temos tido dificuldade, porque ela pega os exercícios com muita facilidade. A resposta dela é imediata à instrução que nós damos. A preparação e a sensibilidade da Fernanda conseguem trazer à tona a paciente de verdade, fazendo com que o público acredite nessa trama”, finaliza a fisioterapeuta Rachel Araújo.