Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Felipe Solari: realizado como ativista

Próxima boa ação comandada pelo apresentador deve acontecer em um shopping center; ele e um miniexército vão patrulhar a limpeza no local

Redação Publicado em 04/05/2011, às 10h49 - Atualizado às 10h51

Felipe Solari - Alessandra Gerzoschkowitz
Felipe Solari - Alessandra Gerzoschkowitz
Felipe Solari não para. Nesta semana, por conta do quadro que ele comanda no programa Legendários, da Record, o moço partiu para Atafona, uma cidade que fica a 4 horas de carro do Rio e que está sendo engolida pela areia. "As casas já estão submersas e as ruas viraram praia", contou o apresentador em um papo exclusivo com a CARAS Online. A ideia dele é aproveitar o quadro sobre sustentabilidade no programa para falar de assuntos que são importantes e que, às vezes, as pessoas não discutem muito. "Sempre me sinto realizado e mais forte como ativista. Já estive no desastre de petróleo, no Golfo do México, combatemos as queimadas com o Ibama em Tocantins, fui voluntário nas enchentes de Alagoas, invadimos os esgotos de São Paulo e até com o Arnold Schwarzenegger conseguimos falar sobre sustentabilidade. Considero que além de apresentador, sou um interlocutor entre a sustentabilidade e nossos telespectadores", contou. Felipe acredita que ainda é cedo para medir qualquer tipo de impacto que o quadro possa ter entre o público. "Trabalho de conscientização é sempre difícil, muita gente prefere o conforto do seu sofá do que acordar cedo pra plantar lgumas arvores no final de semana. Mas com entretenimento, bom humor e imagens fortes e diretas a gente consegue um grande retorno, principalmente da garotada jovem, que está mais disposta a colocar a mão na massa e praticar o bem." A próxima boa ação comandada por Felipe vai ser em um shopping center de São Paulo. Ele e um miniexército - à paisana - vão conferir quem é capaz de recolher uma garrafa pet do chão e colocar na lixeira. "Quando alguma pessoa passar e, por livre iniciativa, jogar essa garrafa que está no chão no lixo, ele será surpreendido por mais de 50 pessoas aplaudindo sua boa ação." Incentivar as pessoas a praticar o bem pela cidade é sempre uma ótima iniciativa, né?