Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

4ª 'A Fazenda' terá ex-participante

Quarta edição do programa terá novos animais e será o primeiro reality brasileiro transmitido em HD

Redação Publicado em 04/07/2011, às 20h14 - Atualizado às 20h57

Britto Jr - Antonio Chahestian/Record
Britto Jr - Antonio Chahestian/Record

A volta de um ex-participante deve esquentar a nova temporada de A Fazenda, na Record. Com estreia marcada para o dia 19 de julho, a produção trabalha nos últimos detalhes para o início do programa e levou a imprensa para um tour nas instalações da fazenda em Itu, nesta segunda-feira, 4. “Serão 15 confinados e terá um ex-participante nesta temporada”, disse o diretor Rodrigo Carelli (42), sem confirmar a especulada volta de Theo Becker (34).

Ao lado do apresentador Britto Jr (48),  Carelli anunciou ainda a chegada de novos bichos e a preparação da emissora para a transmissão em HD. “A variedade de atividades profissionais está maior. Tem apresentador, ator, atleta, modelo, cantor...”, disse Carelli. “Teremos novidades na mecânica das provas, mas não posso falar porque senão eles podem se preparar”, justifica.

Acordar em HD

Na sala de estar, poltronas com estampa em azul e branco. Na cozinha, a decoração rústica ganha vida com utensílios de cores vibrantes espalhados pela mesa e balcões. A quarta edição do reality está mais colorida em função da nova transmissão em HD. Serão ao todo 44 câmeras – duas a mais do que na edição anterior - registrando 24 horas por dia o que se passa na casa e arredores em alta definição. Para isto, a Record investiu cerca de 5 milhões de dólares em novos equipamentos. “Este foi o grande desafio desta temporada. Tudo foi pensado para HD, as cores, a decoração”, explica o diretor. “A fotografia vai ficar incrível. Fica realmente bem real. Agora eles vão acordar em HD”, brinca.

No único quarto da casa, 12 camas de solteiro e uma de casal aguardam os novos moradores - alguém terá de dormir no chão. Mas antes dos fazendeiros “oficiais”, um time de figurantes vai testar cada espaço da casa para possíveis adaptações. “É engraçado que eles se sentem no reality mesmo e até choram para sair”, conta Britto Jr.

Chorar, aliás, é algo comum para quem pode passar até três meses sem nenhum tipo de contato com amigos ou familiares e sem absolutamente nenhuma  informação do que acontece além das porteiras. Mesmo as recomendações anunciadas em caixas de som espalhadas no ambiente são feitas com locução gravada para não ter um tom familiar. “O isolamento é total. É por isso que eles piram”, brinca o apresentador.

Lhamas e cabras entram no jogo

Os fazendeiros desta quarta edição terão mais trabalho para cuidar dos animais. A fazenda foi incrementada com duas lhamas – mamífero que costuma cospir em seu alvo quando está irritado - e duas cabras, além de cavalos, vaca, ovelhas e galinhas. Ao total são 50 bichinhos sob os cuidados das celebridades. “O medo é o que mais atrapalha eles, mais do que a dificuldade de fazer as coisas”, opina o caseiro da fazenda, Clebis Cândido Ribeiro, que dá uma mãozinha aos peões, sempre em silêncio. “Do portão pra dentro eu me fecho. Aprendi a escutar, pensar e só depois responder”, contou.

Curiosidades da fazenda

210 pessoas trabalham nesta quarta edição de A Fazenda. 110, incluindo o apresentador Brito Jr, se mudam para Itu durante o programa.

Os escolhidos são confinados em um hotel apenas um dia antes de entrar na casa.

Na casa da roça (local onde ficam os indicados a deixar o programa) não tem água encanada e, muito menos, água quente para o banho. É preciso buscar água no poço até para a descarga.

Dois milhões é o prêmio para o vencedor do reality.