Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Fábio Jr.: 'Achei que era ateu'

Fábio Jr. conversou sobre religião com Angélica, no programa 'Estrelas', da Globo

Redação Publicado em 04/06/2011, às 15h32 - Atualizado às 15h50

Fábio Jr. e Angélica no 'Estrelas', da Globo - Reprodução / BlogLog
Fábio Jr. e Angélica no 'Estrelas', da Globo - Reprodução / BlogLog
Angélica visitou a casa de Fábio Jr. com o programa Estrelas, da Globo, exibido neste sábado, 4. A apresentadora conversou com o cantor sobre a relação com os filhos e religião. Fábio afirmou ser muito religioso, mas disse que nem sempre foi assim. "Eu achei que era ateu. Sabe como eu descobri que era religioso? No dicionário" , declarou o cantor, explicando que no dicionário a palavra religião é descrita como 'reunir pessoas'. "Quando eu li, falei 'eu sou assim'", completou. No canto da sala de Fábio, há um santuário com uma foto de Chico Xavier. O cantor contou que encontrou o médium duas vezes antes de sua morte, e na primeira vez não conseguiu falar nada. "Eu só chorei. Fiquei chorando por 40 minutos, e ele ficou me explicando o que era o caminho que escolhi, o que era minha carreira", disse. Angélica revelou que quase conheceu Chico, mas ele acabou morrendo antes. "Não conheci por uma semana. Queria muito", comentou. Tal pai, tal filho Fábio também falou do seu filho Filipe Galvão, o Fiuk. "É tão estranho ouvir chamarem ele assim", confessou. Sobre as semelhanças com o herdeiro, ele disse: "Tem coisas com ele que são impressionantes, eu me vejo nele no dia-a-dia..." O cantor também revelou ser um grande parceiro do filho. "Eu acho que quis tanto, que aconteceu", resumiu.