Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ex-BBB Paulinha vai parar no hospital após levar choque no pé

Após levar um choque no pé enquanto passeava em sua cidade natal, Boa Vista, ex-BBB Paulinha vai parar no hospital com queimadura leve

Redação Publicado em 26/10/2011, às 19h37 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

A ex-BBB Paulinha - Raphael Mesquita / Photo Rio News; TV Globo
A ex-BBB Paulinha - Raphael Mesquita / Photo Rio News; TV Globo

Paula Cristina de Souza Leite, mais conhecida como Paulinha (24), levou um susto na tarde desta quarta-feira, 26. A ex-integrante do Big Brother Brasil 11 voltava para seu carro, estacionado em uma das ruas de sua cidade natal, Boa Vista – em Roraima –, quando levou um choque de um cabo solto na rua. O acontecimento a fez parar no hospital devido às queimaduras e pressão alta.

“Ela estava entrando no carro quando um fio desencapado encostou no pé dela e levou um choque”, contou André Reginatto (33), empresário da loira, à CARAS Online.

Indignada com o acontecimento, Paulinha desabafou em sua conta oficial no twitter. “Acabei de levar um choque de um fio solto no meio da rua, preso de um lado do poste, que queimou meu pé. Está doendo muito”, escreveu. “Indo para o médico, meu pé ficou muito vermelho e tem uma queimadura”.

Com os batimentos cardíacos alterados e pressão alta, a ex-sister revelou aos seus seguidores que pretendia processar os responsáveis. “Juro que vou processar esse povo, já pensou se fosse uma criança levando esse choque?”, desabafou. Paulinha foi liberada do hospital uma hora depois.

Segundo Reginatto, a loira não irá processar ninguém. “Ela ficou indignada com o desleixo e preocupada caso isso acontecesse com uma criança ou um idoso. Com ela não aconteceu nada de mais, mas ela pensou nos mais frágeis, que podiam ter algo sério ou alguma complicação”.

Paula foi medicada apenas com pomada e sua pressão, que chegou a 18:9 durante o incidente, já está normalizada. Ela está na cidade para visitar a família, mas deve voltar ao Rio de Janeiro em duas semanas.