Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

'Estive, estou e estarei ao lado dele', diz mulher de Pedro Leonardo

Mulher de Pedro Leonardo, Thais Gebelein agradeceu o carinho e orações dos fãs e disse que está tudo bem com o cantor

Redação Publicado em 05/06/2012, às 13h50 - Atualizado em 16/09/2012, às 10h30

Thaís Gebelein com Maria Sophia: sempre ao lado de Pedro Leonardo - Reprodução/Twitter
Thaís Gebelein com Maria Sophia: sempre ao lado de Pedro Leonardo - Reprodução/Twitter

Thais Gebelein, mulher de Pedro Leonardo(24), vem sendo discreta ao falar sobre a recuperação do cantor, que segue internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ela usou o Twitter para agradecer aos fãs pelo carinho com o marido e 'justificar' sua ausência.

"Obrigada a todos mais uma vez pelas mensagens. Está tudo bem, melhorando a cada dia. É um processo lento, como já disse, por isso não fico falando. Mas continuo agradecendo sempre as infinitas e contínuas orações! Que sei que fizeram parte de todo o processo de recuperação!", escreveu Thais, que tem uma filha, Maria Sophia (1), com o cantor. "No mais... Estive, estou e estarei ao lado dele, dando amor, carinho, ajudando... E às vezes não da tempo de postar. Só tenho mesmo que agradecer mais uma vez a Deus por cada progresso", disse. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, a família já pensa em levar a pequena Maria Sophia para ver o pai, o que deve ocorrer, provavelmente, nesta quarta-feira, 6.

Na segunda-feira, 4, Pedro Leonardo foi submetido a testes com uma fonoaudióloga para avaliar a capacidade de leitura. Ele consegue ler, mas em voz baixa porque ainda está exercitando os pulmões e a respiração. Ele já consome alimentos sólidos e já consegue se sentar, mas ainda não pode caminhar por estar se recuperando da cirurgia no fêmur.

Pedro Leonardo sofreu um grave acidente de carro em 20 de abril na rodovia MG 452, em Minas Gerais. Ele voltava para Goiânia após ter se apresentado em Uberlândia. Foi atendido em um hospital local e passou por uma cirurgia para retirada do baço antes de ser transferido para a capital de Goiás. Em 25 de abril, foi encaminhado para o Sírio Libanês, em São Paulo, onde se submeteu a uma traqueostomia. O cantor acordou do coma em 20 de maio e, três dias depois, passou por outra cirurgia - desta vez para reconstrução da cabeça do fêmur da perna esquerda.