Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Glamour fashion dá o tom da grande festa da TV

Em L.A., casais poderosos esbanjam classe em preto e branco na concorrida entrega do 62º Emmy Awards

Redação Publicado em 31/08/2010, às 18h09 - Atualizado em 08/07/2011, às 02h03

Tom Hanks e Rita Wilson
Tom Hanks e Rita Wilson

Mais importante premiação da televisão americana e último dos grandes tapetes vermelhos de Hollywood no ano, o 62º Annual Primetime Emmy Awards celebrou os melhores de 2010 com uma festa regada a descontração, dinamismo, emoção e glamour. No domingo, dia 29, astros e estrelas compareceram em peso ao Nokia Theatre, sonhando com a almejada estatueta dourada, mas também dispostos a ver e serem vistos. Comandado por Jimmy Fallon (35), o evento começou cedo. Por volta das 15h local, limusines já se enfileiravam nas proximidades e as primeiras celebridades abriram o red carpet. Nas duas horas que se seguiram, de assessores e produtores corriam para organizar entrevistas e fotos diante do painel oficial do evento. A frase "O que você está vestindo?" era perguntada antes mesmo de qualquer outra informação relativa ao prêmio ou a projetos profissionais. Concorrendo na categoria Melhor Reality Show com o seu Project Runnway, a alemã Heidi Klum (37) chegou acompanhada do marido, o cantor inglês Seal (47). Suas pernas bem torneadas e bronzeadas foram valorizadas com míni preto. "O vestido é Marchesa e as joias são Lorraine Schwartz", disparou ela. "Vou lançar meu novo álbum em setembro. Minha família e as coisas maravilhosas que aconteceram conosco nos últimos anos são ponto de partida de inspiração", observou ele, elegante, de Dior, e enfeitiçado por sua sereia loira. Heidi confirmou sua ótima forma após ter dado à luz Lou (11 meses) - ela também é mãe de Leni (6), Henry (4) e Johan (3) -, mas pecou por investir em um modelito tão diminuto. Longos de corte sequinho ao corpo ou sereia, com decote tomara que caia ou de um ombro só foram maioria absoluta. E fashionistas só tiveram a comemorar com as incontáveis escolhas corretas. Preto, azul-marinho, branco e vermelho foram as cores predomi nantes. No time das beldades que apostaram em pretinhos nada básicos, destaque para Eva Longoria Parker (35), linda com vestido de corpo e cauda trabalhada by Robert Rodriguez. "Uau, não paro de pisar no meu próprio vestido!", entregou a atriz da série Desperate House wives, acompanhada do marido, o jogador de basquete Tony Parker (28). Susan Sarandon (63) levou a filha, Eva Amurri (25), e compartilhou elogios com a herdeira por conta de seu longo assinado por Donna Karan (61) e coberto por paetês. A cor parece ter dado sorte extra à Archie Panjabi (38), eleita Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática por The Good Wife. Namorada do astro Al Pacino (70), Lucila Solá arrebatou flashes no tapete vermelho com modelito sereia e uma doce menção no discurso de agradecimento do amado, laureado como Melhor Ator em Minissérie pela performance em You Don't Know Jack. Protagonista de Nurse Jackie, Edie Falco (47) conquistou o troféu de Melhor Atriz em Série Cômica. "Essa é a coisa mais ridícula que já aconteceu na história deste evento. Eu não sou engraçada!", disparou ela, descrente, ao derrotar Tina Fey (40), Toni Collette (37), Julia Louis-Dreyfus (49) e Amy Poehler (38). Coprotagonista e roteirista da série 30 Rock, Tina pode ter voltado para casa com as mãos abanando, mas circulou toda prosa. "Este é um Oscar De La Renta. Estou me sentindo tão chique", confessou, sobre seu look. Sofia (38), cuja hilária performance Modern lhe valeu indicação (50), de Glee. sereia", falou Sofia (71). Jayma Glee, que, red carpets, ocasião", disse ela, de Prorsum. Já Eva La Rue (38) investiram Cheryl Hines (44), Zac Posen (29) e Emily Jessalyn Gilsig (58). Estrela de Closer, Kyra Sedgwick (45) la engraçada!" parou A estrela colombiana Vergara formance na série Family na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante em Série Cômica, viu sua almejada estatueta parar nas mãos de Jane Lynch Nem por isso perdeu a esportiva. "Está tudo perfeito. Estou me sentindo uma sereia" sobre seu tomara que caia dourado by Carolina Herrera O marinho foi a aposta de Mays (31), do elenco de apesar de novata em mostrava segurança tal qual veterana. "É um vestido moderno e perfeito para a ocasião" Burberry Prorsum (43) e Julie Benz no branco. com look Blunt (27), de Dior, ganharam elogios pelo lilás. (38) acertou em vermelho clássico by Nicole Miller The Closer foi laureada como Melhor Atriz em Série Dramática, mas já havia acumulado elogios ao chegar ao Nokia Theatre com tomara que caia evasê vinho assinado pela estilista Monique Lhuillier (39). "Acho que experimentei uns dez vestidos, mas quando coloquei este, me senti à vontade", contou a musa do também ator Kevin Bacon (52). Com vestido fúcsia Escada, Julia Ormond (45) saiu vitoriosa como Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie por Temple Gran din. Protagonista da série, Claire Danes (31) brilhou absoluta em longo dourado Armani Privé e emocionou ao dedicar sua estatueta de Melhor Atriz em Minissérie a Temple Grandin (62), mulher autista que enfrenta a doença e se torna uma cientista. Entre os homens, aplausos à elegância e ao talento de Tom Hanks (54), laureado por The Pacific e com sua Rita Wilson (53), em total look futurista Prada, Aaron Paul (31) e BryanCranston (54), por Breaking Bad, Jim Parsons (37), por The Big Bang Theory, Steven Levitan (48) e Eric Stonestreet (38), por Modern Family, e David Strathairn (61), por Temple Grandin. George Clooney (49) levou o Bob Hope Humanitarian Award pelo trabalho de conscientização sobre a crise de Darfur, no Sudão, e seus esforços para levantar recursos para causas humanitárias, incluindo as vítimas do furacão Katrina e o terremoto do Haiti. "Temos de lembrar o quanto de bem pode ser feito; vivemos em uma época onde o mau comportamento pode sugar nossa atenção e da imprensa", salientou o galã.