Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Arquivo / Verão

Engorda! Veja 5 motivos para não consumir bebida alcoólica na praia

Endocrinologista explica que o excesso de caipirinhas, cervejas e outros drinks em dias de sol e calor podem causar náuseas e até diarreias; confira

Luiza Camargo Publicado em 11/12/2014, às 11h27 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

5 motivos para não consumir bebida alcoólica na praia - Shutterstock
5 motivos para não consumir bebida alcoólica na praia - Shutterstock

A temporada de sol, praia e curtição começou e, consequentemente, o consumo de bebida alcoólica também, já que todo mundo adora se refrescar e se divertir tomando um drink. Beber um pouco é normal e não faz mal algum, porém, quando há excesso, sempre se torna um perigo.

O endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posses do Corpo, revelou 5 danos que o excesso de caipirinhas, cervejas e outras delicias podem acarretar no corpo nos dias quentes de verão; confira

-> Precisa-se ter cuidado com a quantidade consumida de álcool e com a associação de alimentos gordurosos. A bebida alcoólica, quando consumida sob exposição solar forte, pode causar náuseas, vômitos e até diarreias.

-> Beber muita bebida alcoólica na praia também pode significar quilos extras. Geralmente o consumo de bebida alcoólica na praia está associado ao consumo de guloseimas, aperitivos e salgadinhos. Com tanta oferta calórica, é possível ganhar medidas sim! 

-> Se você só consumir itens alcoólicos na praia e não comer nada, isto também é perigoso à saúde. O corpo em jejum por muito tempo faz com que o álcool se transforme em glicose, ficando alojado no organismo e retardando o metabolismo. Além disso, pode causar problemas de natureza gastrointestinal, devido ao alto teor etílico das bebidas.

-> O ideal é beber duas latinhas de cerveja, por ser uma bebida mais ‘leve’ e uma dose de caipirinha ou bebidas destiladas. É o suficiente para não alterar o processo

-> As bebidas não alcoólicas, como refrigerantes, precisa-se ter o mesmo cuidado, já que refrigerantes e sucos de caixinha, por exemplo, apresentam um alto teor de açúcar. O recomendável é ingerir bastante água e/ou água de coco, para limpar o organismo. Nesses casos, não há restrições quanto à quantidade de consumo.