Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Em Nova York, Dilma discursa sobre saúde

A presidente participou de evento na sede da ONU nesta segunda-feira, 19, e ressaltou que saúde da mulher é prioridade em seu governo

Redação Publicado em 19/09/2011, às 14h48 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Dilma Rousseff discursa em evento da ONU em Nova York - Roberto Stuckert Filho
Dilma Rousseff discursa em evento da ONU em Nova York - Roberto Stuckert Filho

A presidente Dilma Rousseff (63) realizou seu primeiro discurso na Reunião de Alto Nível sobre Doenças Crônicas não Transmissíveis, da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira, 19, em Nova York, e ressaltou que a saúde da mulher é prioridade em seu governo. Dilma falou sobre os projetos do Brasil na área da saúde e destacou que uma das primeiras medidas em seu mandato foi aumentar o acesso da população carente a remédios para pacientes hipertensos e diabéticos. Este foi o primeiro de uma série de encontros que a presidente comparecerá durante a semana.

Em sua fala, Dilma afirmou que o Brasil está intensificando o combate aos fatores de risco com maior influência no aparecimento das doenças crônicas e afirmou que a defesa do acesso a medicamentos e a promoção e prevenção à saúde devem caminhar juntas. “A incidência desproporcional dessas doenças (crônicas não transmissíveis) entre os mais pobres demonstra a necessidade de respostas integrais aos nossos problemas. É fundamental que haja coordenação entre as políticas de saúde e aquelas destinadas a lidar com os determinantes socioeconômicos dessas enfermidades”, concluiu.

Ainda nesta segunda-feira, Dilma se reúne com Michelle Bachelet (59), ex-presidente do Chile e chefe da agência da Organização das Nações Unidas para a Mulher. Elas irão conversar sobre os esforços conjuntos que podem ser desenvolvidos para incentivar a participação das mulheres em ações políticas e institucionais no mundo.