Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Em ‘Fina Estampa’, Danielle admite à imprensa: 'cometi um pecado mortal'

A médica usou o óvulo de Beatriz Lobo e o sêmen do meu irmão para criar o filho de Esther

Redação Publicado em 17/02/2012, às 09h41 - Atualizado às 09h49

Encurralada pela imprensa, Danielle admite: 'conheço a extensão do meu erro' - Divulgação/TV Globo
Encurralada pela imprensa, Danielle admite: 'conheço a extensão do meu erro' - Divulgação/TV Globo

Ao ser encurralada pela imprensa no meio da rua, a médica Danielle (Renata Sorrah, 64) se vê obrigada a falar com eles sobre o bebê de Esther (Julia Lemmertz, 48). “Eu cometi um pecado mortal, terrível, decidi agir como se fosse Deus: eu usei o óvulo de Beatriz Lobo (Monique Alfradique, 25) e o sêmen do meu irmão para criar o filho que ele tanto queria. E ainda escolhi a mãe que daria luz àquela criança”, conta, muito emocionada.

Celina (Ana Rosa, 69), que também está presente no local da confissão de Danielle, liga para Beatriz e diz que essa é sua chance de esclarecer os fatos diante da médica. A engenheira concorda e vai ao lugar onde os jornalistas pressionam a doutora.

“Sim, cometi um erro gravíssimo: o sigilo e a ética são fundamentais para a reprodução assistida! Conheço a extensão do meu erro. E sou a primeira a afirmar que devo pagar pelos meus atos”, continua Danielle.

Enquanto isso, Esther, que acompanha o discurso ao vivo pela televisão, vai às lágrimas ao ver a doutora confessar erro em rede nacional. A cena vai ao ar no capítulo de Fina Estampa desta sexta-feira, 17.