Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Em Belém, Fafá acompanha o plebiscito sobre a divisão do Pará

A cantora Fafá de Belém lidera a campanha contra a divisão do Pará e criação de dois novos estados: Tapajós e Carajás. “Amanhã começa a reconstrução da afetividade que era um povo e foi retalhado”, diz

Redação Publicado em 11/12/2011, às 15h31 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Fafá de Belém - Divulgação
Fafá de Belém - Divulgação

A cantora Fafá de Belém (55) foi à capital paraense neste domingo, 11, acompanhar de perto a votação do plebiscito sobre a divisão do Pará em dois outros estados: Tapajós e Carajás. Madrinha da campanha contra a divisão, ela define a tentativa de desagregação como “mentirosa e arrogante”.

“O mal maior foi feito, é essa chaga que foi aberta entre todo um povo, um ódio que foi plantado como se Belém fosse uma capital isolada”, lamentou Fafá em conversa com CARAS Online momentos antes de efetuar seu voto. “Amanhã vão ser muitos corpos a serem recolhidos, muitas feridas a serem tratadas”, disse.

Quase cinco milhões de eleitores paraenses irão definir até as 17 horas a tripartição ou não do Estado. “Os separatistas pegaram muito pesado como se quem não quisesse a separação fosse contra o povo de Tapajós e o povo de Carajás, e não é isso. Carajás nasceria com um déficit anual de 1 bilhão de reais, e Tapajós devendo 804 milhões de reais por ano”, diz. "É uma campanha desagregadora, mentirosa, arrogante".

Fafá permanece na cidade para acompanhar o resultado das urnas. “Amanhã começa a reconstrução da afetividade que era um povo e foi retalhado”, lamenta.