Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dylon: 'O amor é o que move a vida'

Em entrevista exclusiva, o cantor Felipe Dylon conta que passou por problemas de saúde que mexeram muito com sua auto-estima, e revela que um novo amor fez e está fazendo papel importante na sua volta por cima

Redação Publicado em 09/06/2010, às 15h57 - Atualizado em 14/06/2010, às 17h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Felipe Dylon e Mariana Fusco - Divulgação
Felipe Dylon e Mariana Fusco - Divulgação
O ídolo carioca da garotada está de volta! Felipe Dylon está bem mais magro, de cabelos curtos e desfilando por aí com um semblante mais feliz do que nunca! O motivo? Ele encontrou um grande amor. Bem diferente do rapaz que fez o maior sucesso com o hit Musa do Verão, nos últimos meses Dylon estava fora dos palcos, gordinho e com um visual totalmente diferente. Acabou recebendo inúmeras críticas por isso e ficou nítido que algo errado estava acontecendo. Até que, em meados de maio, o rapaz começou a ser visto publicamente com uma nova companhia, Mariana Fusco e as coisas começaram a mudar. Em entrevista ao Portal CARAS, Felipe abriu o jogo e contou que teve um problema de saúde e chegou a ser internado, falou sobre a pausa na carreira e a vontade de voltar a trabalhar. Ele ainda desbafou sobre como se sentiu nessa época difícil de sua vida e como a história de amor com Mariana influenciou na sua volta por cima. Confira! - Você e Mariana fazem academia juntos. Foi lá que se conheceram? - Não, nos conhecemos através do ator Daniel Erthal, nosso amigo em comum. - Como foi o primeiro contato de vocês? E o primeiro encontro? - Foi muito bom, muito prazeroso. Ela é uma menina muito educada e carinhosa. - Você é tímido para "chegar" nas meninas? Foi diferente com Mariana? - Não sou tímido. Com a Mariana foi bacana, pois já entramos na mesma sintonia, no primeiro instante. É muito legal quando conhecemos alguém através de um amigo. O clima já fica bastante descontraído, temos oportunidade de conversar e se divertir. - Você já disse em entrevistas que começou a namorar com Mariana em uma fase ruim de sua vida. O que estava acontecendo? O que sentia? - Isso é mentira. Passei por um stress e problemas de saúde devido a um desequilíbrio alimentar. Isso me levou a ser internado e comecei a me cuidar como qualquer pessoa normal. Sentia vontade de que tudo desse certo, que meu trabalho voltasse a acontecer de uma forma natural e sem stress. Sabe, não é fácil começar a carreira muito cedo, tem seus prós e seus contras. Ser artista é uma grande responsabilidade, levar uma mensagem positiva e agregadora para o mundo... É isso que penso e desejo, que o mundo melhore e que as pessoas tenham mais respeito mútuo e amor. - Sua melhora teve relação com o fato de ter conhecido a Mariana? - Olha, na verdade Deus sabe bem o que faz, sempre rezei muito e pedi proteção. Quando conheci a Mariana veio a somar, nós nos ajudamos e o amor é o que move a vida. Tanto que já compus uma música que fala que a Luz da Vida é o Amor. Acredito nesta força! - Ela conversou bastante com você, sobre pensamentos positivos, mudanças, ou, as coisas foram acontecendo naturalmente? - As coisas foram acontecendo naturalmente, mas, claro que não dá para negar que uma boa mulher meiga, carinhosa e educada, ajuda a gente a melhorar e crescer. Nós adoramos ir ao cinema, ler livros interessantes, de pensadores e filósofos e acho que estas coisas em comum, é o que faz a gente melhorar e evoluir como pessoa. É isso que desejo para mim, melhorar e evoluir sempre. - Você e Mariana já têm planos para o Dia dos Namorados? - Nós estamos querendo fazer algo bem tranquilo e curtir cada instante com muita felicidade. - Você costuma comemorar essa data? Gosta de dar presentes, por exemplo? - Adoro dar presentes, acho que é uma forma bem bacana de mostrar o nosso carinho pela pessoa amada. - Mariana se mostra ciumenta em relação às suas fãs ou leva na boa? - Ela leva numa ótima! Dá a maior força para todo mundo bater fotos! Ela é uma pessoa muito astral. Neste sábado fiz um baita show em Senador Cortes, em Minas, foi para uma plateia de 8.000 pessoas. Toquei com minha banda, foi maravilhoso! E a Mari estava comigo dando a maior força! Foi inesquecível! - Você pensa em Mariana como uma companheira ideal para casar? - Acho que sim, mas isso é mais para frente, a gente ainda é muito novo! Mas se estiver escrito, que assim seja! Amém! Feliz Dia dos Namorados, curtam este dia, presenteiem-se e muita paz e amor!