Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Duda Ribeiro e sua vitória para viver

Retorno aos palcos depois de luta contra câncer e transplante

Redação Publicado em 10/05/2011, às 18h46 - Atualizado em 11/05/2011, às 02h45

O ator em cena - SELMY YASSUDA
O ator em cena - SELMY YASSUDA
Antes da estreia do show de humor O Enviado - Observando Geral, Duda Ribeiro (48) fez uma constatação. "Voltar a trabalhar é um símbolo de vida", disse ele, em uma casa de espetáculos, no Rio. E o momento não poderia ser mais significativo para celebrar. Em janeiro, após lutar cerca de dois anos contra um câncer de fígado, ele se submeteu, com sucesso, a um transplante do órgão. "Em hora nenhuma pensei que fosse morrer. Era um contrato que tinha feito com o homem lá de cima", contou ele. "Estar aqui hoje é a certeza de que, com perseverança, paciência e também sabendo que alguém lhe deu esse merecimento, você vai em frente. Queria viver e conversava sempre com Deus sobre isso", afirmou. Aos poucos, Duda, que perdeu 20 kg com o tratamento, volta à antiga forma. "Já ganhei 18 e estou com 68 kg (ele tem 1,77m de altura). Sabia que precisava comer, lutei muito. Independentemente de acreditar em Deus, as pessoas devem valorizar a vida", disse ele, que está no elenco dos filmes Assalto ao Banco Central e Heleno, ambos com estreia ainda este ano, e também escreve o roteiro do longa A.M.I.G.A.S e o livro Tropeços, sobre o que passou nesses dois últimos anos.