Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

DJAVAN E SUAS MAIS VALIOSAS CRIAÇÕES: FAMÍLIA E CANÇÕES

13| O AUTOR DE MEU BEM QUERER E OCEANO EDITA OBRA COM AS LETRAS E CIFRAS DE UMA CARREIRA DE 30 ANOS

Redação Publicado em 20/05/2008, às 19h23

O abraço na mulher, Rafaella. - Carol Feichas
O abraço na mulher, Rafaella. - Carol Feichas
Em 30 anos de carreira, o cantor e compositor Djavan (59) escreveu em torno de 200 canções. Como um pai orgulhoso, procura não fazer distinção entre elas. "Estaria me traindo se indicasse uma como predileta", assegura o autor de sucessos como Flor de Lis, Meu Bem Querer e Oceano. Cercado pelo carinho da família, ele lançou a coleção A Música de Djavan, na Livraria Argumento, Rio. Em três volumes, os songbooks trazem letras, partituras e cifras das canções presentes em seus 18 álbuns, além de inéditas. "Este trabalho é uma espécie de agradecimento para quem sempre tocou e cantou minhas canções", disse Djavan, cercado pela mulher, Rafaella Brunini (34), com quem tem Sofia (6) e Inácio (1), e pelos filhos mais velhos João (30) e Max Viana (34), do primeiro casamento, com Aparecida (56), de quem se separou em 1998 após 25 anos. A primogênita do cantor, Flávia Virgínia (35), não pôde comparecer à festa. Baterista da banda do pai, João, ao lado da mulher, Georgina Asfora (31), conta que acompanhou todo o processo de edição dos livros. "Só posso classificar a coleção como linda. Me surpreendi ao descobrir como os primeiros discos foram feitos. Eu era uma criança na época, não lembrava de nada", afirmou ele. Seu irmão Max, que também toca com o pai, chegou com a mulher, Ana Madalena Alvim (34), grávida de sete meses de Manoela, e com o primogênito, Gabriel (1 ano e 11 meses). "É muito bom saber pela própria pessoa como ela concebeu o seu trabalho e criou suas músicas. E os livros do meu pai têm essa função. Além de uma herança, a obra tem um lado didático, porque dá subsídios a quem quiser estudar mais a fundo todo o processo musical dele", explicou Max.