Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Diversidade de estilos em revival punk

Com o ídolo do futebol, Gisele rouba a cena em poderosa soirée fashion em NY

Redação Publicado em 15/05/2013, às 10h50 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Gwyneth Paltrow, de Valentino e joias Wilfredo Rosado. Tom Brady e Gisele Bündchen, de Anthony Vaccarello e joias David Yurman. Madonna, de Givenchy Haute Yurman Couture e escarpins Casadei. Katie Holmes, de Calvin Klein Collection e joias Lorraine - Reuters
Gwyneth Paltrow, de Valentino e joias Wilfredo Rosado. Tom Brady e Gisele Bündchen, de Anthony Vaccarello e joias David Yurman. Madonna, de Givenchy Haute Yurman Couture e escarpins Casadei. Katie Holmes, de Calvin Klein Collection e joias Lorraine - Reuters

Apogeu do calendário social de Nova York, a gala do The Costume Institute, promovida anualmente pelo The Metropolitan Museum of Art, faz jus aos superlativos. Com o tema Punk: Chaos to Couture, a nova exposição do museu foi apresentada a estrelas de Hollywood e fashionistas na segunda-feira, dia 6, com um megaevento cujo ponto alto, assim como em anos anteriores, foi logo no início, no red carpet. Com divas como Gisele Bündchen (32), Gwyneth Paltrow (40) e Anne Hathaway (30), a lista de convidados tinha tantos quilates quanto as poderosas joias que adornavam as beldades.

Eterna camaleoa, Madonna (54) surgiu poderosa com tudo o que tinha direito: blazer xadrez com apliques de studs, meia-arrastão, correntes, crucifixo, sapato fúcsia e estilosa peruca escura em corte chanel com franja. “Pela primeira vez, estou usando sapatos confortáveis. Escolhi esse look porque queria usar xadrez, mas não queria cobrir demais meu corpo”, explicou ela, dando também sua defi nição sobre punk. “Tem a ver com não se importar com o que os outros pensam”, resumiu Madonna, que prestou homenagem ao estilista italiano Riccardo Tisci (38), da Givenchy, coanfi trião desta edição junto com Anna Wintour (63), a prestigiada editora de moda da Vogue America, em look floral.

Beyoncé (31), patronesse da noite, o casal Kanye West (35) e Kim Kardashian (32) — gravidíssima da primeira herdeira —, o diretor de cinema espanhol Pedro Almodóvar (63) e as atrizes Amanda Seyfried (27) e Rooney Mara (28) também investiram em criações de Tisci, que provou seu talento no uso de estampas e também de tecidos delicados. “O punk não é somente sobre o look, mas é sobre personalidade. Queria uma Rooney comportada e a sensualidade do vestido com o romantismo da renda lhe representam muito bem”, comentou Tisci. “Não sei se tive uma fase punk no modo de vestir, mas defi nitivamente fui punk”, brincou a estrela do cinema.

A übermodel Gisele, por sua vez, supreendeu com um míni preto estrategicamente recortado que evidenciava suas formas perfeitas após o nascimento da fi lha, Vivian Lake (5 meses). Sorridente e acenando para os fãs que se aglomeravam do outro lado da rua, a gaúcha cruzou a emblemática escadaria que dá acesso ao primeiro salão do Met de braço dado com o marido, o jogador de futebol americano Tom Brady (35), em elegante blazer azul-cobalto.

Outro brasileiro que deixou sua marca foi o mineiro Francisco Costa (49), responsável pelos elogiados looks das atrizes Ma ggie Gyllenhaal (35), de vermelho, Olivia Wilde (29), de tomara que caia branco e preto, e Katie Holmes (34), impecável com longo drapeado também branco. “Estou muito feliz com a escolha. Fiz algumas provas com o Francisco, mas foi muito fácil dizer: ‘Este é o vestido’. Já estive em outras edições da festa, é muito bom estar de volta”, contou a ex de Tom Cruise (50).

Monocromáticos reinaram quase absolutos, mas Jennifer Lopez (43), Sarah Jessica Parker (48) e Katy Perry (28) fi zeram bonito com seus estampados. “Vi este vestido no desfile e quando soube do tema da festa, logo entrei em contato com o pessoal da grife. Queria ser uma punk original, uma Joana D’Arc”, entregou Katy, ladeada pelos estilistas Domenico Dolce (54) e Stefano Gabbana (50). “A estampa é inspirada em uma estátua da catedral inglesa de Saint Paul, que tem um signifi cado importante para o Giles e para mim também. O tecido foi todo pintado à mão. Achamos que a bota xadrez também tinha tudo a ver com a estética que procurávamos”, justifi cou Sarah Jessica — recém-chegada de São Paulo, onde posou para campanha de moda —, que arrasou, arrematando seu look com arranjo no cabelo estilo moicano by Philip Treacy (46), inglês querido da realeza.

Variações de verde fi zeram a cabeça de Uma Thurman (43), Kate Upton (20) e Rosie Huntington-Whiteley (26). Cameron Diaz (40) apostou no look azulroyal com inspiração vintage, mas a alemã Heidi Klum (39) preferiu modelito clássico branco. Anja Rubik (29), Kristen Stewart (23), Emilia Clarke (26), Kate Beckinsale (39) e Kate Bosworth (30) reinaram de vermelho. “Vim com Cameron e Stella e estou empolgada para ver quem está aí. Cresci ouvindo rock clássico, mas aos poucos fui conhecendo mais sobre o punk, com The Clash e Sex Pistols. Quando fiz o fi lme The Runaways, mergulhei no tema”, disse Kristen citando a designer Stella McCartney (41) e as lendárias bandas que revolucionaram o cenário musical nos anos 1970 e 1980. “Hoje sou uma punk rica”, riu Kate Beckinsale, exibindo poderosos brincos e anéis “geométricos”.

Miley Cyrus (20) e Jessica Alba (32) brilharam com pretinhos nada básicos. “Este vestido é perfeito para a noite, estou me sentido tão bem, tão punk... Estou empolgada para ver a exposição, há tantas maneiras de interpretar o que é punk. Eu tive sorte por causa do vestido e do meu cabelo, mas estou curiosa para ver variações. Este foi o único modelo que experimentei e não precisou de nenhum ajuste, o que é raro”, contou Miley. “Meu vestido é de um couro cortado a laser. Tem recortes, sim, mas nos lugares certos”, contou Jessica Alba, elegantíssima.

Após arrebatar o Oscar de Melhor Atriz, Anne Hathaway poderia ganhar também o prêmio ousadia no Oscar da Moda: surgiu loira platinada e com longo perigosamente transparente. “É algo que queria fazer há tempos e não poderia ter melhor oportunidade que esta. E se eu não gostar, posso colocar a culpa na moda”, disparou a estrela.