Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dinho Ouro Preto: fase de recuperação após acidente e CD em carreira solo

Dois anos após cair de palco durante show, o cantor Dinho Ouro Preto ainda sente as sequelas do acidente, mas continua com toda a força em sua carreira, até com projeto de CD solo

Redação Publicado em 23/11/2011, às 17h10 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Dinho Ouro Preto - Vagner Campos
Dinho Ouro Preto - Vagner Campos

Em fase de recuperação depois de sofrer um acidente durante um show há dois anos – em que caiu de uma altura de 3 metros em outubro de 2009 e teve costelas quebradas, cortes pelo corpo e machucados nos rins, dentes e cabeça -, o cantor Dinho Ouro Preto (47), vocalista da banda Capital Inicial, se esforça para continuar a sua carreira de sucesso e faz novos planos. Ele tem o projeto de se lançar em carreira solo com um novo CD, em que mostrará seu lado somente de intérprete. “Em 2012 vou lançar meu disco solo, que será em inglês e só com versões. Deve chegar às lojas em fevereiro ou março e também vamos lançar o novo trabalho do Capital Inicial”, afirmou.

Dinho quer manter os dois trabalhos em paralelo, a carreira solo e a banda, já que não consegue se ver sem os amigos do Capital Inicial. “Canto com eles desde os 19 anos de idade, não dá para me ver fazendo outra coisa. A prioridade sempre será o Capital. Vou ter que revezar os shows solo e com a banda”, disse.

Com tanta força de vontade, ele revela que não é sempre que está bem, já que não está 100% após o acidente. “Esse ano foi um dos mais puxados do Capital, um teste de resistência, porque ainda não voltei a forma que era antes do acidente, ainda sinto muito cansaço. Tenho que tomar remédios contra possíveis convulsões, sinto dor nas costas por causa das vértebras fraturadas, perdi o olfato... Para melhorar, eu teria que fazer pilates, mas não dá por causa da minha agenda”, revelou o artista, que mesmo com a rotina agitada procura se exercitar, fazendo corrida, malhação e abdominal, além de não comer doces.