Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dilma Rousseff se emociona com tragédia que deixou mais de 200 mortos em boate no RS

A presidente Dilma Rousseff cancelou a agenda de compromissos oficiais no Chile e seguiu para Santa Maria; incêndio em boate da cidade deixou 233 mortos

Redação Publicado em 27/01/2013, às 12h58 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Dilma Rousseff - Reuters
Dilma Rousseff - Reuters

* Atualizada às 19h07

A presidente Dilma Rousseff (65) se emocionou na manhã deste domingo, 27, no Chile, ao comentar a incêndio que matou pelo menos 233 pessoas e deixou outras feridas na Boate Kiss, em Santa Maria (RS). "Eu queria dizer para a população do nosso país e para a população de Santa Maria o quanto, nesse momento de tristeza, nós estamos juntos e necessariamente iremos superar mantendo a tristeza", disse a presidente. Mais cedo, o governo do Rio Grande do Sul chegou a divulgar que eram 245 as vítimas fatais da tragédia. Depois, o número foi revisto.

Dilma adiantou que, da parte do governo federal, há mobilização de recursos para ajudar na identificação dos corpos e no socorro às vítimas. A presidenta, que participava da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos com a União Europeia, no Chile, cancelou a participação em três reuniões com autoridades da Argentina, Letônia e Bolívia por causa da tragédia e seguiu para Santa Maria.

A tragédia aconteceu na madrugada deste domingo. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas, mas relatos iniciais indicam que as vítimas morreram por asfixia, e não queimadas. Segundo relatos preliminares, o fogo começou por volta das 2h30 após uma faísca atingir o teto de isolamento acústico da boate. No Twitter, a notícia do incêndio repercutiu entre as celebridades, que comentaram a tragédia na rede social.  (Com informações da Agência Brasil)