Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Chega ao fim o casamento de Deborah Secco e Roger Flores. Relembre a história do casal

Deborah Secco e Roger Flores estão separados. A atriz e o ex-jogador ficaram juntos por cinco anos. Relembre a história do casal

Redação Publicado em 17/04/2013, às 12h08 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Deborah Secco e Roger Flores - Agnews/TV Globo / Isac Luz/ André Durão
Deborah Secco e Roger Flores - Agnews/TV Globo / Isac Luz/ André Durão

Chegou ao fim o casamento de Deborah Secco (33) e Roger Flores (34). A informação foi confirmada à CARAS Online por uma pessoa próxima ao ex-casal. Eles estavam juntos há cinco anos, entre namoro e casamento.

Deborah e Roger oficializaram a união no dia 6 de junho de 2009. O casamento foi realizado no Castelo de Itaipava, na região serrana do Rio de Janeiro, e contou com a presença de vários famosos.

O relacionamento foi marcado por vários boatos de separação, sempre negados. Em abril de 2010, no entanto, o casamento enfrentou uma crise e chegou ao fim. O casal foi visto novamente junto em novembro, mostrando que havia reatado.

Sempre reservada com relação a assuntos familiares, Deborah declarou em entrevista que sonha em ser mãe"Na hora certa, [os filhos] vão chegar. É o que falta para que eu seja completamente feliz. Se não puder ter, vou adotar. Vou dar um jeito de realizar o meu sonho de alguma maneira", contou. 

O início

Os boatos sobre um possível relacionamento entre Roger e Deborah começaram em dezembro de 2006, quando os dois foram vistos passeando em um shopping no Rio de Janeiro. Eles foram apresentados pela irmã da atriz, a advogada Bárbara Secco, amiga pessoal do craque, e assumiram o namoro em março de 2007. Na ocasião, ele jogava no Corinthians, em São Paulo, e ela gravava a novela Pé na Jaca, no Rio.

Distância

Por conta da carreira dele no futebol, Roger e Deborah mantiveram namoro à distância por longo tempo. No primeiro ano de relacionamento ele trocou São Paulo por Porto Alegre para jogar no Grêmio. Ainda em 2008, mudou para a Península Arábica, a 11.456 km do Rio, para vestir a camisa do Qatar Sports Club. A atriz apoiou o novo desafio do namorado. "Se fosse comigo ele apoiaria. Tem torcida dos dois lados. Se não torcer, não é amor", disse na ocasião.

Roger voltou a morar no Brasil em 2010, mas o casal precisou continuar driblando a distância. Contratado do Cruzeiro, ele morou em Belo Horizonte por dois anos, enquanto Deborah permaneceu na capital fluminense - em dezembro de 2011 ele chegou a pedir desculpas à mulher em entrevista a uma rádio local por estar ausente em um ano tão importante para ela. Em julho de 2012 Roger anunciou a aposentadoria dos campos e voltou ao Rio. "Torço muito para que ele seja feliz no futebol e que ele faça o que o coração dele manda. Isso é o que mais me importa”, disse a atriz na época.