tv BBB

Com fama de bom moço, Fael diz que não é um 'solteiro cobiçado'

Fael Cordeiro, vencedor do BBB12, ainda não mexeu no prêmio de R$ 1,5 milhão que recebeu do programa. Com fama de bom moço, ele diz que se espelha em Ayrton Senna para fazer o bem

Kellen Rodrigues Publicado terça 8 maio, 2012

Fael Cordeiro, vencedor do BBB12, ainda não mexeu no prêmio de R$ 1,5 milhão que recebeu do programa. Com fama de bom moço, ele diz que se espelha em Ayrton Senna para fazer o bem
Fael, vencedor do BBB12 - Leotty Junior/ AgNews

Amigo de todos os participantes, sem se envolver em polêmicas, discreto e bem humorado, Fael Cordeiro (25) conquistou fama de bom moço e o prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil 12. Mesmo assim, não se considera um solteiro cobiçado.

“Namorado dos sonhos? Não, imagina. Sou muito pouco para isso”, disse entre risos e cheio de modéstia à CARAS Online. Solteiro, ele garante que está tranquilo e ‘com a cabeça no lugar’ para diferenciar as pessoas interesseiras daquelas que realmente gostam dele. “Eu tenho saído pouco. Tem muito assédio de fãs, mas de meninas que querem sair com o Fael, não é tanto, não. É um pouco mais do que antes, mas não sou deslumbrado com isso. Sou muito atento com relação a essas coisas”, continua.

Desde que deixou o programa, o veterinário tem cumprido uma maratona de compromissos profissionais que vão desde participações em eventos – a maioria ligada a rodeios -, a gravações de programas globais, e ainda não teve tempo de ficar com a família e amigos para "uma roda de conversa ou beber uma cerveja". “Nem de laçar, que é o esporte que eu gosto. Eu laço só em algumas apresentações, mas tenho o compromisso de acertar. Então dou o máximo de mim porque sei que tem gente filmando, fazendo foto. Saio nervoso, não posso errar, mas estou tendo sorte”.

O tratamento nas ruas, segundo ele, é de respeito e carinho. “As pessoas me tratam com muita admiração, pela postura que eu tive dentro da casa. Acho que se eu tivesse tido má postura as perguntas seriam desagradáveis”, opina. A fama de bom moço veio também com o peso de dar sempre um exemplo positivo. “É uma responsabilidade muito grande porque muitas pessoas se espelham em mim, muitas crianças querem ser iguais a mim. Estou na responsabilidade”. E se alguém duvida do estilo ‘certinho’ de Fael, ele não deixa dúvidas. “Procuro fazer as coisas para não se arrepender depois. Tudo que eu faço é com consciência. Minha vida é muito clara, é um livro aberto, não preciso esconder nada de ninguém e nem me arrependo de nada. Se eu pudesse voltar atrás e entrar no programa de novo eu não mudaria nada”.

Milionário, ele ainda não mexeu no prêmio

Por enquanto, a bolada que faturou no reality show permanece intacta em uma aplicação. Mas, claro, surgiram novas fontes de renda com a exposição na TV. A parte boa do dinheiro e da fama para o rapaz da pequena cidade de Aral Moreira, no Mato Grosso do Sul, é poder ajudar famílias e instituições que precisam de apoio financeiro. “Meu sonho hoje é me tornar uma pessoa eternamente lembrada pelo bem que fez. Não quero simplesmente ficar famoso, ganhar dinheiro e acabou. Sonho me tornar alguém que ajudou muitas pessoas, que fez a diferença na sociedade, não só que passou e teve seus minutos de fama”, explica. “Eu sou muito fã do Ayrton Senna. Se um dia eu chegasse aos pés do que ele fez eu ficaria muito mais contente do que eu já sou hoje. Quero ser pelo menos a metade do que ele foi. Me espelho muito nele, nas atitudes dele, realmente um grande vencedor”.

 

Fael corre em praia na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro / foto: Dilson Silva / AgNews
Fael corre em praia na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro / foto: Dilson Silva / AgNews
Fael venceu o BBB12 com 92% dos votos / foto: Felipe Assumpção e Philippe Lima / AgNews
Fael e seu gatinho de estimação / foto: Twitter / Reprodução

Último acesso: 24 Oct 2020 - 07:10:16 (205785).

TV CARAS