Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Com dívida por não pagar pensão alimentícia, sertanejo Hudson quer se acertar com a Justiça

Hudson, da dupla sertaneja Edson & Hudson, quer saldar dívida – de quase 90 mil reais – por não pagar pensão alimentícia à sua filha Letícia. Em comunicado, a assessoria jurídica do artista declarou que a questão foi “devidamente solucionada e esclarecida”

Redação Publicado em 26/01/2012, às 12h50 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Hudson - Amauri Nenh/ AgNews
Hudson - Amauri Nenh/ AgNews

Atualizada às 12h50

O sertanejo Hudson Cadorini (39), o Hudson da dupla sertaneja Edson & Hudson, deve saldar a dívida judicial que possui – de quase 90 mil reais – por não pagar pensão alimentícia à sua filha Letícia.

Um mandado de prisão foi expedido na última terça-feira, 24, da cidade de Limeira, interior de São Paulo.

Segundo comunicado enviado à imprensa pela assessoria jurídica do músico, a questão judicial foi “devidamente solucionada e esclarecida entre as partes e a justiça”. A nota intera ainda que Hudson não teve intenção de não atender a justiça. “Pelo contrário, Hudson sempre esteve presente e procurou de todas as formas solucionar eventuais problemas, nunca esteve ‘foragido’”.

A dupla, ainda de acordo com o comunicado, seguirá agenda de shows normalmente.

Em conversa com a CARAS Online, o advogado de Letícia, Flamíno de Campos Barreto Neto, contou que Hudson não pagava pensão há dois anos."A dívida foi acumulando mês a mês e, por esse motivo, entramos com solicitação de mandado de prisão, que foi expedido pela justiça de Limeira". Sobre o acordo entre as partes, Flamínio explicou que na quarta-feira, 25, ele, sua cliente Letícia e os advogados de Hudson se reuniram para uma conversa.  "Decidimos entrar nesse acordo justamente para não denegrir, ainda mais, a imagem do pai. Sendo assim, esse valor será parcelado e Hudson se comprometeu a pagar. Se isso não acontecer, ele corre o risco de ser preso", acrescentou.

Após o acordo, os advogados de Hudson solicitaram a revogação do mandado de prisão, pedido que ainda será analisado pela Justiça.