O incansável Claude Nobs em sua casa na Suíça

Em sua casa, o empresário fala sobre as atrações da 44ª edição do mais importante evento de música e exibe o cartaz oficial criado pelo artista plástico brasileiro.
Em sua casa, o empresário fala sobre as atrações da 44ª edição do mais importante evento de música e exibe o cartaz oficial criado pelo artista plástico brasileiro. Reuters


O idealizador do Festival de Montreux destaca arte de Romero Britto no cartaz da 44ª edição

Aos 31 anos, Claude Nobs (74), então diretor do Escritório de Turismo de Montreux, na Suíça, promoveu seu primeiro festival de música na cidade, com presença de nomes como Charles Lloyd (72), Keith Jarrett (65) e Jack DeJohnette (67). Naquele momento, nascia um dos mais importantes e consagrados eventos da indústria fonográfica, o Festival de Jazz de Montreux. Agora, em sua residência em Caux, com vista para os Alpes suíços, ele acaba de anunciar as atrações da 44ª edição do evento. E, todo orgulhoso, apresentou em primeira mão o cartaz oficial assinado pelo renomado Romero Britto (46). Aclamado pelo mix único de elementos do cubismo, pop art e grafite, o artista plástico pernambucano radicado nos EUA criou a imagem de um menino tocando guitarra e seu cachorro sentado em um instrumento de percussão. "Recebi o convite com muita alegria. É uma honra para mim participar deste evento com minha arte", disse Romero, que assinou o cartaz do evento também em 1999. A ser realizado entre 2 e 17 de julho, o festival vai promover workshops, performances gratuitas em parques e shows em diversas arenas com ingressos que chegam a 500 reais. A tão esperada abertura - já com ingressos esgotados - fica a cargo do cantor e baterista inglês Phil Collins (59), no Auditorium Stravinski. "Meu trabalho era convencê-lo, mas passei toda a parte administrativa ao seu empresário. Nos conhecemos há tempos, o 1º concerto de Phil em Montreux foi no início de seu grupo Brand X, realizado no Casino, ao redor da piscina!", recordou Claude. Ladeado pelos mascotes da raça Bernese, Kiku e Kuki, Claude salientou a diversidade do festival que neste ano terá do roqueiro Billy Idol (54) à rapper Missy Elliott (38), de Herbie Hancock (70) interpretando Canções de John Lennon (1940-1980) à diva dos anos 1980 Grace Jones (61). "Após tanto tempo, as pessoas já devem saber que em Montreux a palavra 'jazz' se refere a muitos estilos de música", afirmou Claude. "Esta é uma das belezas de Montreux. Eu posso promover noites com ritmos completamente diferentes e ainda assim, dá tudo certo", acrescentou ele, sorrindo. Imortalizado como "Funky Claude" na música Smoke on the Water, do grupo Deep Purple, por causa do incêndio no show de Frank Zappa (1940-1993) de 1971, Claude se diz realizado com o rumo que sua empreitada musical tomou. "Tudo o que sempre quis foi ter liberdade para fazer o que quisesse. Muito do que acontece no festival é baseado na confiança. Há a confiança dos músicos em mim e há a confiança do público em saber que eu farei o melhor possível", explicou ele. "Mas aqui, todos os artistas têm carta branca!", finalizou Claude.

Mais Notícias

terça 18 maio, 2010
terça 18 maio, 2010
terça 18 maio, 2010
Atualizado quarta 19 maio, 2010 (145139) | 20/07/2019 00:25:26

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ILHABELA CARAS

  1. 1 Brasiliense morando no Rio, ele curte ilha de bike em folga da novela A Ilhabela do ator Rainer Cadete
  2. 2 Rainer Cadete curte Ilha de CARAS em folga da novela

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Esposa de Michel Teló esbanja beleza em selfie e encanta Thaís Fersoza surge deslumbrante em selfie
  2. 2 Phelipe Siani e Mari Palma terão programa juntos
  3. 3 Rafael Vitti choca ao relembrar clique seu de bebê com o pai
  4. 4 Carla Perez encanta com novos cliques da família na Europa
  5. 5 Amadeu alerta Maria da Paz sobre compra de mansão
  6. 6 Alok faz linda homenagem para Romana Novais
  7. 7 Ticiane Pinheiro mostra a filha e brinca com semelhança
  8. 8 Neymar choca ao mostrar avatar igual a Bruna Marquezine
  9. 9 Preta Gil leva susto de marido, Rodrigo Godoy
  10. 10 Felipe Dylon é visto quase irreconhecível