Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 21/09/2010, às 12h58 - Atualizado às 13h03

"O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que de tão visto ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher. (...) Nossos olhos se gastam no dia a dia, opacos. É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença." Otto Lara Resende (1922-1992), escritor e jornalista mineiro. "A liberdade só existe no reino dos sonhos,/ E o belo só floresce na canção." Friedrich von Schiller (1759-1805), poeta e dramaturgo alemão. "Saudemos a primavera, dona da vida - e efêmera." Cecília Meireles (1901-1964), poeta, jornalista e educadora carioca. "Uma paisagem conquista-se com as solas dos sapatos, não com as rodas de um automóvel." William Faulkner (1897-1962), escritor americano. "Graças ao automóvel a paisagem morreu." João do Rio (1881-1921), escritor e jornalista carioca. "Quem é que sabe se o mundo ainda vai durar três meses?" Pierre-Augustin de Beaumarchais (1732-1799), comediógrafo francês. "Não sou eu que sempre me atraso. São os outros que estão sempre com pressa." Marilyn Monroe (1926-1962), atriz americana, no livro A Vida Secreta de Marilyn Monroe, de J. Randy Taraborrelli (Planeta). "Só por hoje dedicarei 10 minutos do meu tempo a uma boa leitura, lembrando-me de que, assim como é preciso comer para sustentar meu corpo, a leitura é necessária para alimentar a vida de minha alma." João XXIII (1881-1963), papa italiano, em um de seus Dez Mandamentos, citados no livro Mistérios da Alma, do psicanalista carioca Luiz Alberto Py. "A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas, por incrível que pareça, a quase totalidade não sente esta sede." Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), poeta mineiro, citado no livro Ler Faz Bem à Alma, de Donizeti Costa (Butterfly Editora). "Jornalismo é, mais do que uma profissão, uma ética. Rigor na apuração é questão de ética. Clareza também." José Roberto Alencar (1945-2007), jornalista mineiro, autor dos livros Sorte e Arte (Alfa-Ômega) e Muita Sorte e Pouco Juízo (Ateliê Editorial). "A calúnia é um fogo devorador, que consome tudo em que toca, e que enegrece o que não pode consumir." Jean-Baptiste Massillon (1663- 1742), religioso francês. "Algumas pessoas nunca dizem uma mentira - se souberem que a verdade pode magoar mais." Mark Twain (1835-1910), escritor americano. "Se os meus inimigos pararem de dizer mentiras a meu respeito, eu paro de dizer verdades a respeito deles." Adlai Stevenson (1900-1965), político americano. "É monstruoso como, hoje em dia, as pessoas vivem dizendo, pelas nossas costas, verdades terríveis e indiscutíveis contra nós." Oscar Wilde (1854-1900), escritor, poeta e dramaturgo irlandês. "Eles falam mal de mim? Ah, se me conhecessem como eu me conheço!" Epiteto (55-135?), filósofo grego. "Age, que te conhecerei." Ralph Waldo Emerson (1803-1882), crítico e poeta americano. "Nada é mais tacanho do que o chauvinismo ou o ódio racial. Para mim todos os seres humanos são iguais; há idiotas em toda parte e tenho o mesmo desprezo por todos. Nada de preconceitos mesquinhos!" Karl Kraus (1874-1936), jornalista austríaco, no livro Karl Kraus - Aforismos (Arquipélago Editorial). "As ilusões caem uma após outra, como as cascas de uma fruta, e a fruta é a experiência. Seu sabor é amargo, mas fortifica." Gérard de Nerval (1808-1855), poeta francês, autor de As Filhas do Fogo, entre outros livros.