Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 10/06/2010, às 16h45 - Atualizado em 21/07/2010, às 16h09

"O amor bate na porta/ O amor bate na aorta."Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), poeta, cronista e contista mineiro, autor de Sentimento do Mundo, entre outras obras."Suas bocas encontraram-se, seus olhos fulguraram, seus joelhos tremeram, suas mãos perderam-se."François Marie Arouet, o Voltaire (1694-1778), filósofo francês."Só namora quem não precisa explicar, quem já começa a falar pelo fim, quem consegue manifestar com clareza e facilidade tudo que fora do namoro é complicado."Artur da Távola (1936-2008), jornalista, político e escritor carioca."A dor do amor que teve fim/ Que foi ruim, sei que sim/ Outro amor há de apagar."Vinicius de Moraes (1913-1980), poeta carioca."Solidão é quando o coração, se não está vazio, sobra lugar nele que não acaba mais."Antônio Maria (1921-1964), cronista e compositor pernambucano."Sou um insensato a buscar o concreto no abstrato."Paulo Mendes Campos (1922-1991), escritor mineiro."A razão nos engana mais frequentemente que a natureza."Marquês de Vauvenargues (1715-1747), ensaísta e escritor francês."O melhor é o que não sabemos,/ O mais lindo é no que não cremos."Mihály Babits (1883-1941), poeta e escritor húngaro."A fantasia é a mãe da satisfação, do humor, da arte de viver."Hermann Hesse (1877-1962), escritor alemão naturalizado suíço, autor de O Lobo da Estepe e Prêmio Nobel de Literatura em 1946."Ah, Hollywood, nossa vida seria infinitamente mais árida sem a chamada meca do cinema..."Paulo Francis (1930-1997), jornalista e escritor carioca."Quando me jogo numa arquibancada, nos portões de um estádio cheio, ponho-me a observar, a ver, a escutar. E vejo e escuto muita coisa viva, vejo e escuto o povo em plena criação."José Lins do Rego (1901-1957), escritor paraibano."A tragédia da vida está em que só nos vem a sabedoria quando a mocidade se afasta."Will Durant (1885-1981), historiador e escritor americano."Haja hoje para tanto ontem."Paulo Leminski Filho (1945-1989), poeta, romancista, biógrafo e tradutor curitibano, autor de Catatau, entre outros livros."Se alguém quer saber para onde vai, para onde é mais provável que vá, tem de conhecer as forças do passado."W.G. Sebald (1944-2001), escritor alemão."Não há guardachuva/ contra o tédio:/ o tédio das quatro paredes, das quatro/ estações, dos quatro pontos cardeais."João Cabral de Melo Neto (1920-1999), poeta pernambucano."Tão difícil é entender-se, e tão incomunicável é o pensamento, mesmo entre pessoas que se amam."Charles Baudelaire (1821-1867), poeta francês."Dois anos sem ir a Paris! É o caso de se preferir estar no fronte."João do Rio (1881-1921), escritor, jornalista e tradutor carioca."Paris é o teto do gênero humano. Toda essa prodigiosa cidade é um resumo dos costumes mortos e dos costumes vivos. Quem vê Paris julga contemplar o reverso de toda a história, com o céu de todas as constelações."Victor Hugo (1802-1885), escritor francês, autor de Os Miseráveis."Acaso pensas tu que uma alma quebrada ou torcida pode tratar-se com uma simples mudança de ambiente? "Sêneca (4 a.C.-65), filósofo romano nascido em Córdoba.