Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 01/11/2011, às 12h02 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

.
.

“A grande literatura ocupa-se do coração do homem, ocupa-se dos grandes problemas existenciais, com o perdão dessa grandiosa palavra. Ou seja, o bem, o mal, a morte, a solidão, isso é a grande literatura.”
Ernesto Sábato (1911-2011), escritor e artista plástico argentino.

“É preciso muito esforço para construir uma lenda e viver dentro dela.”
Dinah Silveira de Queiroz (1911-1982), escritora paulista cujo centenário de nascimento se comemora no dia 9 de novembro.

“Sem imaginação, que utilidade teria para o homem a inteligência?”
Joaquim Nabuco (1849-1910), político e diplomata pernambucano.

“A proteção mais infalível contra a tentação é a covardia.”
Mark Twain (1835-1910), escritor norte-americano.

“Em todo o mundo, em todas as épocas, existiram pessoas que ousaram defender pontos de vista detestados pela opinião pública. Quando os que partilham essas opiniões têm a coragem de sustentá-las e defendê-las é absolutamente certo que, ao final, a verdade prevalece.”
Oscar Wilde (1854-1900), escritor, poeta e dramaturgo irlandês.

“Não quero o apoio de ninguém que tenha preconceitos de raça ou de religião. Não tenho de ser presidente dos Estados Unidos, mas tenho de viver comigo mesmo.”
Wendell Wilkie (1892-1944), político norte-americano, candidato à presidência dos Estados Unidos nas eleições de 1940.

“Estou convencido de que não só nos amamos nos outros, como também de que nos odiamos nos outros.”
Georg Christoph Lichtenberg (1742-1799), físico e escritor alemão.

“Pensar mal da humanidade sem lhe desejar mal talvez seja a forma mais elevada de sabedoria e de virtude.”
William Hazlitt (1778-1830), escritor, filósoso, ensaísta e crítico inglês.

“Aquele que fertiliza um pedaço de terra, que aperfeiçoa uma árvore frutífera, que adapta uma planta a um terreno inóspito, está bem acima daqueles que buscam fórmulas para a humanidade.”
Honoré de Balzac (1799-1850), escritor francês.

“Todo mundo aqui é gente — isso não é desculpa, mas presunção.”
Karl Kraus (1874-1936), jornalista e crítico austríaco.

“Quem não considera os defeitos do amado como virtudes não ama.”
Johann Wolfgang Von Goethe (1749-1832), poeta, dramaturgo e escritor alemão.

“O amor tem momentos realmente exaltantes: são as rupturas.”
Jean Giraudoux (1882-1944), dramaturgo e ensaísta francês.

“Qualquer um pode zangar-se — isto é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneria certa — isto não é fácil.”
Aristóteles (384-322 a. C.), filósofo e cientista grego.

“É melhor brigar junto do que chorar separado.”
Lupicínio Rodrigues (1914-1974), compositor gaúcho.

“A melhor maneira de acabar com uma guerra é perdê-la.”
George Orwell (1903-1950), pseudônimo de Eric Arthur Blair, escritor e jornalista inglês, autor de 1984 e A Revolução dos Bichos.