Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cissa Guimarães: 'Eu vou voltar a sorrir'

Cissa Guimarães, Raul Mascarenhas, irmãos e amigos homenagearam Rafael Mascarenhas no Túnel Acústico, no Rio de Janeiro, onde o jovem foi atropelado enquanto andava de skate

Redação Publicado em 29/07/2010, às 12h14 - Atualizado às 13h23

Cissa Guimarães e Rafael - Arquivo CARAS
Cissa Guimarães e Rafael - Arquivo CARAS
Simplesmente emocionante. Foi assim a homenagem que Cissa Guimarães e Raul Mascarenhas prepararam para o filho Rafael, morto drasticamente em um acidente no Rio de Janeiro na terça-feira, 20. Rafael foi atropelado quando andava de skate com amigos no Túnel Acústico, no bairro da Gávea. Ele sofreu traumatismos múltiplos, passou por uma cirurgia, mas não resistiu. Ao lado dos irmãos do rapaz, Thomaz, João Velho e a cantora Mariana Belém, Cissa e Raul reuniram os amigos de Rafael no local do acidente. Inconsolável, como não poderia deixar de ser, Cissa desabafou. "Eu quero saibam que ele vai estar aí abençoando todo mundo! Era muito pouco ele ser só meu... Todo mundo precisa dele", disse a atriz em meio a muitas lágrimas, depois de ter escrito uma mensagem na parede do túnel, dentro de um coração: 'Obrigada Rafael! Mamãe'.' Amigos de Rafael, que costumavam andar de skate com ele, fizeram manobras em homenagem ao jovem. Seus companheiros de banda cantaram as músicas que ele mais gostava e Raul tocou saxofone em homenagem ao filho. Faixas e flores foram levadas ao local. Muito emocionado, João Velho revelou: "Sinto que ele (Rafael) está aqui", disse ele, que contou ainda sobre a idéia de mudar o nome do túnel. "Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, muito legal", completou Raul, visivelmente abatido. Depois de chorar, cantar e dançar pelo filho, Cissa distribuiu abraços e agradeceu os gestos de solidariedade dos amigos. "Estou muito feliz com tudo isso. Agradeço de coração. Ele vai estar iluminando e protegendo a gente", falou ela, que decidiu adiar a volta peça Doidas e Santas, da qual é protagonista, que estava em cartaz no Teatro do Leblon. "Eu vou voltar a sorrir", finalizou Cissa.