Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

'Choro por qualquer coisa', diz William Bonner no 'Domingão do Faustão'

Em entrevista ao 'Domingão do Faustão', William Bonner fala de sua participação no quadro 'Arquivo Confidencial' do programa e revela ser uma pessoa emotiva

Redação Publicado em 08/01/2012, às 21h03 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

William Bonner se dirige ao correspondente Marcos Uchôa, que estava na Líbia, como se ele estivesse usando um capacete, quando, na verdade, o repórter não usava qualquer acessório na cabeça - TV Globo/João Miguel Júnior
William Bonner se dirige ao correspondente Marcos Uchôa, que estava na Líbia, como se ele estivesse usando um capacete, quando, na verdade, o repórter não usava qualquer acessório na cabeça - TV Globo/João Miguel Júnior

William Bonner (48) roubou a cena no Domingão do Faustão deste domingo, 8. Tudo porque o jornalista, ao relembrar sua participação no quadro Arquivo Confidencial, revelou ser um homem muito emotivo. “Eu sou muito emotivo, choro por qualquer coisa. Eu já sou conhecido no meio dos jornalistas por chorar facilmente, por me emocionar sempre, e essa facilidade para chorar fez com que eu tivesse medo de participar do quadro porque iria passar vergonha na televisão”, contou.

“Sempre que ia ao ‘Domingão’ eu fugia do quadro, até que cai numa pegadinha. Fui ao programa com a Fátima [Bernardes, 49], dei graças a Deus quando percebi que nossa participação tinha acabado sem o ‘Arquivo Confidencial’, mas, de repente, o Faustão (61) me chamou e disse que eu estava no quadro, aí já me emocionei”, falou Bonner, relatando a participação da amada no plano.

Mas, passado o susto, o jornalista curtiu a surpresa. “Depois eu pedi todo o material, inclusive os depoimentos que não foram ao ar porque não caberiam, para eu guardar”, finalizou.

William e Fátima estão casados há cerca de 22 anos e são pais dos trigêmeos Vinícius, Lara e Beatriz (14).