Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cesar e Elaine: Celebração parisiense

Casal escolhe a capital francesa para brindar aos dez anos de união feliz

Redação Publicado em 31/05/2010, às 13h56 - Atualizado em 02/06/2010, às 07h46

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Em frente da pirâmide do Louvre, visita obrigatória quando se está em Paris.
Em frente da pirâmide do Louvre, visita obrigatória quando se está em Paris.
Se conhecer Paris, a capital mundial dos enamorados, está nos sonhos até dos corações mais empedernidos, o que se dirá de celebrar na idílica cidade francesa o aniversário de dez anos de casados? Pois foi assim, em alto estilo, com direito a voo na primeira classe, hospedagem num dos mais luxuosos hoteis europeus e escapadas noturnas para bistrôs estrelados, que Cesar Filho (45) e Elaine Mickely (30) comemoraram a união de dez anos. "Estar aqui é muito romântico. Podemos namorar, pôr o papo em dia, coisas que a correria diária atrapalha", diz Elaine, que acaba de gravar participação no Maratoma, novo quadro do Domingão do Faustão, em Buenos Aires. "Decidimos nos dar um presente bacana. Antes de viajar, renovamos nossos votos e ela preferiu uma viagem no lugar de uma festa. Estamos numa fase ótima, bem na profissão, na vida familiar, em tudo", diz o comandante do jornalístico SBT Repórter. Os pais de Luma (9) e Luigi (6), ela em sua estreia em terras francesas, contam como é curtir uma segunda lua de mel em cenário tão inspirador. -Como é a sensação de estarem juntos há dez anos? Cesar - Estar com ela há dez anos é muito melhor do que eu imaginava. Temos muitas afinidades. Sou mais caladão, mais sério, ela é brincalhona, anima todo o lugar onde está, tira fotos, faz festa. Elaine me completa em tudo ,faz da casa um lar de verdade. É mulher, esposa, namorada, me dá muita força em qualquer situação. Pensamos em viver juntos para o resto de nossas vidas. Elaine - Agradeço a Deus todos os dias por ter encontrado o Cesar. Ele é muito especial e eu o amo demais. Não tenho dúvidas de que ele é a pessoa que eu sempre quis: um homem atencioso, carinhoso, que sempre respeita minha opinião. Somos muito companheiros, ambos acostumados a ceder, então não existe aquele estresse de um precisar se moldar ao outro. Elaine, você ainda não conhecia Paris, que tal a cidade? - Estou encantada com o Museu do Louvre, a Monalisa , as pinturas italianas, as esculturas gregas, os impressionistas, o tamanho e a importância das obras. O Arco do Triunfo é maravilhoso, a Champs-Élysées tem lojas lindas e Montmartre é demais. Isso para não falar no Hotel Le Meurice, um antigo castelo imperial, que é um escândalo de lindo! Cesar - A Elaine está encantada com as rotisseries, pâtisseries, padarias. Temos ido a restaurantes que amigos nos indicaram e experimentamos um cheesecake maravilhoso do Alain Ducasse. -Quem programou a viagem? - Esquematizamos tudo juntos. Sempre quis trazer a Elaine a Paris agora finalmente deu certo. Ela olha os mapas e saímos passeando. Está maravilhoso, só no Louvre passamos um dia inteiro. Estamos percorrendo a cidade a pé, de metrô e de táxi, andando muito. Isso é muito bom, porque podemos comer bem sem engordar. -Quem é mais romântico? Cesar - Sou assumidamente romântico. Em nosso primeiro dia aqui, fomos a uma nova loja da Louis Vuitton, na ChampsÉlysées. Fiz uma surpresa para a Elaine e comprei um presente. Elaine - Fiz a mesma coisa sem saber que ele também faria... Na saída, os dois tinham sacolas na mão: ele tinha comprado para mim e eu para ele (risos). -Ainda há clima de namoro? Elaine - Claro! Não se pode perder o brilho entre os dois, a admiração mútua, o respeito, o carinho. Nós sempre andamos abraçados, de mãos dadas, como fazem dois namoradinhos. A gente sempre faz o clima ficar gostoso com nosso chamego, nossas conversas. Cesar - O clima de namoro existe sempre. Viajar com a Elaine é uma delícia total. A festa já começa no aeroporto. Ela é uma pessoa fácil demais de se lidar, tem o dom da felicidade, um dom divino. Está sempre rindo, tirando fotos, é muito brincalhona. Elaine - Qualquer viagem que a gente faça é boa, seja para Taboão ou Paris (risos), porque um sempre topa fazer o que o outro sugere. -E o ciúme, tem algum lugar nessa relação tão amorosa? Elaine - Eu confio plenamente no Cesar. Nós passamos segurança um para o outro. É uma relação bem tranquila. Somos aquele tipo de casal que não cai no sono sem antes dizer 'te amo, amor'. -O que fica de mais gostoso desta viagem a Paris? Cesar - É mais um sonho que acaba de ser realizado.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!