Carolina Oliveira volta à TV em 'I Love Paraisópolis'

quarta 18 março, 2015
Carolina Oliveira
Carolina Oliveira Cadu Piloto


Estrela mirim volta às novelas, faz musical e mostra corpo definido

Dez anos após despontar como a doce protagonista de Hoje é Dia de Maria, Carolina Oliveira (20) virou uma mulher linda e determinada. E é com naturalidade, e até certa perspicácia, que lida com isso. “Todos já foram criança um dia. É um caminho normal. As pessoas falam: ‘você começou nova, como é ter crescido? Igual, como para todo mundo, eu acho’”, diverte-se, na Ilha de CARAS. Feliz, ela celebra dois grandes momentos na carreira: o musical Dias de Luta, Dias de Glória, em cartaz em SP, em homenagem a Chorão (1970–2013), líder do Charlie Brown Jr; e a ‘piriguete’ Natasha, de I Love Paraisópolis, trama das 7 global com estreia em maio. Para a volta às novelas, estava longe desde Ti Ti Ti, em 2010, Carolina mudou o visual. Fios mais curtos e ruivos e o corpo mais definido, por conta da malhação. “Não é nada pesado, sou pequena e pode ficar esquisito. Mas já sinto tudo mais durinho”, admite ela, que tem 44kg em 1,60m. Na vida afetiva, festeja dois anos e meio de namoro com o jogador de pôquer Felipe Mojave (32), com quem já vive junto.


– Como é a relação de vocês?
– Moramos em São Paulo, Rio, e onde a gente estiver. É parceiro, amigo, me apoia. E eu, idem. E ele também corre atrás do que quer.


– Vocês já falam sobre constituir uma família juntos?
– Sim, mas só futuramente. A gente está vivendo o momento. Ainda tenho 20 anos, acho que para ser mãe ainda falta um tanto. E a gente já tem um filho, o Black Jack, nosso cachorro, um spitz alemão anão.


– Como vem sendo malhar para definir mais o corpo?
– Comecei a treinar com o fisiologista Paulo Gelatti, em novembro. Mas nada exagerado. Vou a uma academia do futuro, onde ele coloca eletrodos no meu corpo. Eles enviam estímulos, potencializando o efeito. Faço abdominal, perna, glúteo e braço. Mas a gente controla para não ficar magra demais. No começo, não podia comer pão, nem doce, e isso me deixou mal-humorada.


– E você tem outros cuidados?
– Sou vaidosa. Fico trocando mensagens com a dermato até nas viagens. Tenho produtos manipulados, uso à noite após tirar a maquiagem, e só saio de casa com protetor solar. Geralmente, estou com maquiagem, adoro. Se pudesse, saía todos os dias contornada, de cílios postiços. Mas é feio, né? No cabelo, faço hidratação em casa e a cada 15 dias no salão. Mas no dia a dia, passo mousse para ficar batido porque é fino.


– Como está a preparação para I Love Paraisópolis?
– Natasha é bem diferente de mim e de personagens que já fiz, do tipo que gosta de deixar os homens babando. Essa é a graça da profissão. Estou fazendo preparação com o Chico Accioly. Sempre fiz trabalhos de forma intuitiva, mas agora é diferente, a gente vai criando, sei o que estou fazendo.


– E o musical?
– Faço a Thais Lima, primeira mulher do Chorão, mãe do Xande, filho dele. A gente canta, dança, atua. É pesado o ritmo, mas estou adorando. Quando Chorão e Thais casaram, tinham 17, 18 anos, eram amigos, parceiros. Era um amor mais divertido.

por CARAS Digital
Atualizado sexta 10 maio, 2019 (259551)

Mais conteúdo sobre:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 A atriz mostrou toda sua elasticidade em uma pose de pilates e surpreendeu seus fãs Klara Castanho aparece fazendo pilates e surpreende fãs
  2. 2 Rafaella posa com a mãe na África e barriguinha rouba a cena
  3. 3 Rodrigo Simas e Agatha Moreira posam juntos nas Maldivas
  4. 4 Carlos Alberto de Nóbrega deixa hospital após uma semana
  5. 5 Aproveite a Terça Tech!