CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil

CAROL DIECKMANN COLHE OS FRUTOS DA SUA PAIXÃO

'TENHO SORTE NO AMOR. ESTOU RECOMEÇANDO AOS 27, VOU CASAR COMOTIAGO E TER UM FILHODE NOVO'

Redação Publicado em 13/02/2006, às 10h36

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Na Ilha de CARAS, em Angra, Carolina lamenta a ausência do "namorido", Tiago Worcman. Ela conta que os dois palnejam detalhes do casamento.
Na Ilha de CARAS, em Angra, Carolina lamenta a ausência do "namorido", Tiago Worcman. Ela conta que os dois palnejam detalhes do casamento.
por Aline Salcedo Aos 27 anos, a atriz Carolina Dieckmann se orgulha de dizer que já está recomeçando. No trabalho, viverá pela primeira vez uma vilã, a Leona da próxima novela das 7 da Globo, Cobras e Lagartos, prevista para estrear em abril. Na vida pessoal, a transformação é ainda mais evidente. "Eu era adolescente até há bem pouco tempo... Mas já fui mãe, há seis anos, realizada no casamento, e agora estou começando tudo novamente. Ainda este ano, quero casar e ter filho de novo. Estou muito feliz, quero gritar isso para o mundo.", declara-se ela, que viveu um relacionamento de sete anos com o ator Marcos Frota (50) - com quem teve Davi (6) - e está apaixonada por Tiago Worcman (30), diretor do programa Alternativa Saúde, do canal a cabo GNT. "Acho que tenho sorte no amor - eu e o Tiago.", completa. A história dos dois começou quando ela tinha 12 anos, mas só se concretizou após a separação de Carolina, em 2003. Ela e Tiago namoram há dois anos e moram juntos há cinco meses, em São Conrado, Rio. "Marquinhos já me desejou boa sorte. Tenho certeza de que torce por mim. Só falta convencer Davi a levar as alianças e organizar a festa. Davi adora o Tiago e até escolheu o nome do irmão: Moisés." adianta. É a primeira vez que a atriz fala de planos concretos com o "namorido". Ela já planeja até os detalhes para o dia em que oficializará a união: não se casará novamente no civil, mas fará um contrato pré-nupcial e uma grande festa. "Quem sabe a gente consegue casar antes da novela, sei lá... Outro dia, o Tiago falou para a gente fazer a lista de convidados. Isso é coisa séria, né? Acertamos que será de dia e no campo. Daqui a pouco, quando eu for ver, já estarei pensando no vestido.", ri, sonhadora e segura ao mesmo tempo. - Quer dizer que você continua acreditando em casamento? - O dia em que parar de acreditar, não sou eu. O que mudou é que hoje acredito que casamentos acabam. Antes, não aceitava isso. Por isso, fiz de tudo para o meu não terminar, queria que fosse único. Mas não era possível. Hoje, sou mais realista, mas o sonho é que seja para sempre. - Tiago é o homem da sua vida? - É o homem que ficou mais tempo dentro do meu coração e não tem como outro ocupar este espaço. Óbvio que não fiquei apaixonada por ele desde os 12 anos, quando o olhava na escola e ele nem me dava bola. Nossa história é incrível, de conto de fadas. Parece que a gente tinha que viver tudo o que viveu para ficar juntos. - Chama o Tiago de marido? - Chamo de "nam", minha abreviação de "namorido". Vou chamá-lo de marido depois de casar. - Sonha em entrar na igreja de novo, de véu e grinalda? - Ah, algum vestido vai ter, e tem que ser o mais lindo do mundo! Na igreja não será, Tiago é judeu e eu não posso me casar na sinagoga. Para me converter, teria que fazer um curso que leva um ano. Quero casar antes disso. - Já marcou a data? - Podemos pirar e casar na semana que vem! Temos ao mesmo tempo descompromisso e compromisso com essa história. Pode ser num rompante ou no fim do ano. - Como será? - Vimos em um filme um casamento no campo e achamos nossa cara. Falta encontrar esse lugar. - E casar no civil? - Não, nunca mais. Achei traumatizante separar. O problema não foi financeiro. O chato é dizer para um juiz que quer ficar com aquele cara para sempre e, depois, dizer que não quer mais. Já é difícil um dizer para o outro, imagina para um juiz. Meu negócio agora é o contrato pré-nupcial, acredito nisso. - O que é esse contrato? - É decidir que estamos nos casando por amor, mas definimos: isso é meu, isso é seu, e o que quisermos comprar juntos vai no nome dos dois. Não acredito em casamento que é empresa, em que as pessoas são sócias em tudo. - Mudou depois da separação? - Cresci muito. Saí da casa do meu pai para morar com o Marquinhos. Ele resolvia tudo, me protegia, me mimava. Era ótimo, confortante. Mas quando me separei, foi horrível ter que aprender a lidar com contador, corretor. Quebrei a cara, mas fiquei esperta. Hoje, me sinto mais firme e segura. Estava mais do que na hora de eu aprender a me virar. - E a vontade de ter filho, foi Tiago quem despertou? - É, ele quer muito. Hoje, quer mais do que eu. E leva jeito, é um padrasto ótimo. Tiago faz tudo, desde acordar cedo para arrumar meu filho para a escola até programas de criança, como jogar futebol e videogame. Ele e meu filho são supercompanheiros. Davi faz muito menos manha com ele do que comigo. É "brother" do Tiago. - Davi também pede irmão? - Desde os 4 anos. Agora, até escolheu o nome: Moisés. Acho que é porque o Tiago fica contando histórias da Bíblia para ele. E também já pediu para o berço ficar no quarto dele, porque vai cuidar do irmão, do filho do Tiago. - É para depois da novela? - E depois de casar. Quero ter mais dois filhos, mas não engravidaria durante uma novela, tomo esse cuidado. Não dá, preciso de tempo para olhar naquela direção. - Está animada com Leona? - Cada mocinha que interpretei na minha carreira foi diferente. Mas agora a grande mudança é que não serei uma heroína. A Leona é sexy, fresca, se faz de vítima, e topa qualquer coisa por dinheiro. Mas ela finge ser boazinha. Tenho um grande acervo de "fofices" que vou usar. - O que Leona tem de você? - Não sou muito parecida com ela. Mas acho que Leona é divertida. Ela é uma vilã que não é dark. Já eu, apenas para poucos, sou muito divertida. E acho que sou solar, luminosa. - Você se acha bonita? - Gosto muito de mim do jeito que sou. Tenho a minha cara, a mistura do meu pai com a minha mãe. Não mudei nada, não coloquei silicone, não fiz plástica. Acho que até farei um dia, mas por enquanto estou muito feliz assim. - Ainda se sente menina? - Eu sou. Às vezes, me pego discutindo com o Davi como se tivesse a idade dele. Tenho a postura de mãe, dou esporro, coloco limites, mas viro uma criança na hora de brincar. Ah, ele sempre ganha de mim no jogo da memória... - Quando desponta a mulher? - Com o Tiago. Quando estou com ele, gosto de ser mais mulher. Mas, engraçado, ele gosta do meu lado moleca, adora me ver de bermudão, de streetwear. Outro momento é em reunião de escola. Coloco pérola, faço coque. Sou moleque mas sei ser até sexy. - Como explora esse lado? - Gosto de ser sexy só de vez em quando. Acho que existe a sensualidade natural e outra que é a consciente.É você colocar uma roupa e saber que quer estar mais gostosa. Adoro colocar shortinho para dançar forró com Tiago. Sei que estou provocante, mas é para ele. - Sente-se uma mulher naturalmente linda? - É, eu não faço nada, não sou vaidosa. Há dois meses, faço uma ioga chamada Iyengar, com exercícios de postura. Mas nada de ginástica, dieta. Aprendi a comer melhor porque Tiago cozinha superbem. Só isso. Se digo que estou feliz, é porque estou mesmo. Posso gritar para o mundo ouvir! Agradecimentos: Claudia Duarte, Farm, LeeLoo, Maria Filó; Produção: Cristina França.