Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Carlinhos de Jesus volta ao trabalho após morte do filho

Após tragédia, Carlinhos de Jesus se apresenta com bailarina no Rio de Janeiro e afirma saber que irá conseguir superar a perda do filho, mesmo com a dor

Redação Publicado em 29/11/2011, às 18h30 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Cinco dias após a morte do filho Dudu, Carlinhos dança com uma bailarina em um evento carioca. O show de Cláudia Leitte.
Cinco dias após a morte do filho Dudu, Carlinhos dança com uma bailarina em um evento carioca. O show de Cláudia Leitte.

Menos de uma semana após a morte do filho, o músico Carlos Eduardo Mendes de Jesus (32), o coreógrafo e dançarino Carlinhos de Jesus (58) voltou a se apresentar em público durante o lançamento pela companhia aérea Emirates Airline da rota diária Rio-Dubai. O evento aconteceu na quinta-feira, 24, na capital fluminense. Visivelmente abatido, ele encenou números de gafieira com uma bailarina de sua companhia por cerca de uma hora. “Estou recluso. Curtindo um momento que é muito meu e da minha família. Perder alguém que amamos é bastante triste. Sei que vou superar. Vai doer e demorar, mas  tenho certeza de que irei conseguir”, desabafou o dançarino no twitter.

Antes de convidar a cantora Claudia Leitte (31), segunda atração da noite, ao palco, a mestre de cerimônias do evento, a jornalista Renata Vasconcellos (38), levou o coreógrafo às lágrimas ao dizer uma mensagem de apoio. “O Brasil está solidário a você”, afirmou ela, também comovida.

Vocalista da banda Samba Firme, Dudu, como era conhecido, foi assassinado com oito tiros na madrugada de sábado, 19, por dois homens que estavam em uma moto. O rapaz tinha acabado de deixar o bar onde o grupo havia se apresentado, no bairro de Realengo. Na manhã de sábado, 26, Carlinhos se uniu à família para prestar homenagens ao herdeiro, em missa de sétimo dia na Igreja de São Jorge, santo de devoção de Carlos Eduardo.