Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Carla Perez e Xanddy dão adeus a SP

Após três anos e meio morando na capital paulista, a cantora baiana Carla Perez está de malas prontas para voltar a morar em Salvador

<i>por Marley Galvão</i><br><br> Publicado em 14/12/2009, às 15h13 - Atualizado às 16h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Carla Perez confere as novidades do mundo infantil ao lado de Keila Zylbersztajn, da Design for Baby - Paola Iezzi
Carla Perez confere as novidades do mundo infantil ao lado de Keila Zylbersztajn, da Design for Baby - Paola Iezzi
Morando há três anos e meio em São Paulo, a cantora, apresentadora e dançarina Carla Perez contou ao Portal CARAS que está deixando a capital paulista. A baiana falou sobre seu casamento com o cantor Xanddy, líder do Harmonia do Samba, das perdas que teve no ano que passou --entre elas a morte de um sobrinho de 6 anos--, da carreira e dos planos para 2010. Entre brinquedos e quartos infantis na inauguração da loja Design for Baby, em São Paulo, Carla revelou que pretende aumentar a família. "Quem sabe eu e o Xanddy temos mais um filho. Adoro família grande e, por mim, teria vários", revela a loira, mãe de Camilly Victória, de 7 anos, e Victor Alexandre, de 5 anos. Confira a seguir a entrevista exclusiva que ela concedeu: - Por que você está voltando para Salvador? - Quando tive problemas no casamento, com toda a história da separação, falei para o Xanddy que poderíamos recomeçar aqui em São Paulo uma vida nova. E começamos. Hoje, considero que estou casada o mesmo tempo que moro aqui, ou seja, três anos e meio. - Por quê? O que a faz pensar desta forma? - Neste tempo, conseguimos amadurecer e fortalecer a relação. Também me fortaleci espiritualmente e tudo isso leva ao equilíbrio do casamento. - Mas, se está tudo indo bem, por que esta mudança para a capital baiana? - Esse ano foi de muitas perdas. Minha avó, com que morei um tempo, faleceu, e foi um golpe muito grande. Meu sobrinho, o Mateus, que eu amava como um filho, também faleceu, e, recentemente, perdemos o pai do Xanddy. Isso tudo abalou demais comigo. Quero ficar mais perto da minha família. Este é o maior motivo da nossa volta para Salvador. - O que mais vai dar saudade de São Paulo? - Ah, do lazer para as crianças. Aqui tem tudo: parques, teatro, exposição... não faltam opções. Também fiz grandes amigos. Mas morar em Salvador vai me permitir ficar mais tempo com as crianças. Como a maioria dos shows que faço são no Norte e no Nordeste, vou gastar menos tempo com viagens. - No mesmo dia em que seu sobrinho morreu, você fez um show. Como conseguiu? - Foi muito difícil, mas foi uma superação. Saí do enterro e tive que encarnar uma personagem para subir ao palco. Fiquei anestesiada durante a apresentação. Quando terminei, não consegui me controlar mais. Então, também foi uma superação profissional. Mas é muito duro perder uma criança. - Qual sua maior realização em 2009? - Cantar pela primeira vez na Costa do Sauípe. Há quatro anos estava tentando e consegui. Infelizmente, foi no mesmo dia que meu sobrinho faleceu, mas foi uma realização profissional. E já fechei para 2010. - E quais os planos para o ano novo? - Tive que adiar a gravação do DVD infantil por causa de tudo o que aconteceu. Então, vou retomar em março e gravar em Salvador mesmo. Quanto ao resto, quero deixar as coisas acontecerem.