Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Bruna e o cinema

Atriz mostra filme em Moscou

Redação Publicado em 10/12/2009, às 11h32

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O frio da capital russa não intimidou a estrela a visitar pontos como a Catedral de São Basílio.
O frio da capital russa não intimidou a estrela a visitar pontos como a Catedral de São Basílio.
A sempre bela Bruna Lombardi (58) foi destaque da II Mostra de Cinema Brasileiro de Moscou. Pela primeira vez no país, a atriz apresentou na capital russa o filme O Signo da Cidade, escrito e protagonizado por ela e dirigido pelo marido Carlos Alberto Riccelli (61), que ficou no Brasil para cuidar da pré-produção de Onde Está a Felicidade, escrito por ela, que também atuará no longa. Animada, Bruna aproveitou a passagem pela cidade para visitar cartões-postais como a Catedral de São Basílio, na Praça Vermelha, famosa pelas cúpulas em forma de bulbo e pelo colorido único. "É a minha primeira vez na Rússia. Queria muito conhecer o país, é um desejo que tenho desde criança. Tanto que arrumei um tempo no meio da pré-produção do novo trabalho e vim", contou a incansável Bruna. Acompanhada do diretor e roteirista Eduardo Coutinho (76), do documentário Moscou, ela prestigiou o evento produzido pelo segundo ano consecutivo por Alexandre Camargo (50), com curadoria e organização de Ederaldo Kosa (44). Depois de Moscou, os 15 filmes, entre eles Meu Nome Não É Johnny, foram exibidos também em São Petersburgo, na primeira mostra realizada naquela cidade. Lá, Bruna e Coutinho se encantaram com a beleza do local e a fantástica coleção de arte do Hermitage, um dos principais museus do mundo.