Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

As boas lembrancas do promoter Lalá Medeiros

Embaixador do Ceará, Lázaro Medeiros conta sobre a amizade e os encontros com artistas em sua trajetória

Redação Publicado em 12/06/2012, às 15h47 - Atualizado em 15/06/2012, às 01h01

Lalá recebe láurea de Bismarck e Caio, na capital paulista. Lalá e Liza - divulgação
Lalá recebe láurea de Bismarck e Caio, na capital paulista. Lalá e Liza - divulgação

Desde pequeno, na cidade de Uruburetama, no Ceará, Lázaro Medeiros (61) já se sentia predestinado à missão de divulgar a cultura de seu Estado. Mesmo tendo morado em outros países, como a África do Sul, Lalá sempre teve disposição para levar o nome de sua terra natal aos quatro cantos do mundo. “Acho que trabalho como promoter desde o berço. Gosto de compartilhar minhas experiências, pois só passamos pela vida uma única vez. Adoro fazer de tudo por aqui e acho que as pessoas têm de amar a sua terra”, constata ele que, neste ano, completa 21 anos à frente do Beach Park, complexo turístico localizado em Aquiraz, a 15 minutos de Fortaleza. “Adoro receber pessoas e mostrar o que é bom de verdade”, comenta.

A convite de Arialdo Pinho (61), chefe da Casa Civil do Governo do Ceará — na época, sócio do parque aquático —, Lalá engrenou carreira como promoter do local e conquistou inúmeras amizades ao longo de sua trajetória, dentre elas, as de artistas como o rei Roberto Carlos (71), o saudoso escritor baiano Jorge Amado (1912-2001) e as artistas norte-americanas Faye Dunaway (71) e Liza Minnelli (66). “Conheci o Roberto em 1972, em Angola. Saímos juntos várias vezes por lá”, relembra ele. “Por volta de 1975, tive o prazer de me encontrar com Jorge Amado, na cidade da Guarda, em Portugal, onde estava escrevendo um romance. Ficamos no mesmo hotel e, anos depois, ele foi ao Ceará. Foi mágico!”, recorda Lalá, que ainda falou sobre suas aventuras com Liza. “Fui assisti-la em Miami e Nova York. Onde tinha um piano, ela começava a cantar. É uma pessoa fantástica”, revela.

Homenageado com o título de Embaixador do Ceará, o promoter recebeu placa comemorativa do Secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia (54), e de Caio Luiz de Carvalho (60), diretor geral de  empresa de eventos e promoções do Grupo Bandeirantes, por divulgar seu Estado, em evento em SP. “Lázaro tem levado ao Ceará formadores de opinião e emprestado sua força ao Estado, deixando uma imagem positiva no imaginário da população”, elogia Bismarck. “Faço as coisas por vontade própria e não para receber algo em troca”, diz o laureado, que completa dez anos como colunista de Chics, do caderno Buchicho, no jornal O Povo.

Habilidoso na arte da culinária, Lalá se consagrou entre os famosos também com sua apetitosa torta de coco. “Na verdade, era um pudim. Uma receita da minha avó, mas como tinha muito açúcar e o coco era seco, fui mudando a textura. Hoje, milhares de pessoas são amantes dessa torta. Ainda bem, pois é onde está a minha energia”, orgulha-se ele, sobre a delícia já aprovada por Cristina Prochaska (52), Bernard Twardy (59), Karina Bacchi (35) e sua mãe, Nádia (60), Helena Mottin (67) e o marido, Edinho Veneziani (51), Cesar Filho (46) e sua Elaine Mickely (32), Vera Viel (36) e o amado, Rodrigo Faro (38), Isabel Fillardis (38), Grazi Massafera (29) e Angelita Feijó (43). “Grazi, Angelita e eu fomos ao parque a convite do Lalá. Foi ótimo. É lógico que experimentei a torta. É divina, cremosa, uma festa para o paladar”, conclui Karina.