Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Belas atrizes marcam presença na abertura da 36ª Mostra Internacional de Cinema de SP

Letícia Sabatella, Marisol Ribeiro e Giselle Itié prestigiaram a abertura da 36ª edição da Mostra Internacional de Cinema de SP

Redação Publicado em 19/10/2012, às 11h08 - Atualizado às 13h12

Letícia Sabatella, Marisol Ribeiro e Giselle Itié - Sidnei Rodrigues
Letícia Sabatella, Marisol Ribeiro e Giselle Itié - Sidnei Rodrigues

Letícia Sabatella (40), Marisol Ribeiro (28) e Giselle Itié (31) levaram beleza para a abertura da Mostra Internacional de Cinema de SP que aconteceu no auditório do Ibirapuera, em São Paulo, na noite de quinta-feira, 18, com pré-estreia do longa-metragem chinelo No, estrelado pelo galã mexicano Gael Garcia Bernal (33).

Na 36ª edição do evento, que traz uma homenagem ao cineasta russo Andrei Tarkóvski (1932 – 1986), as atrizes falaram de sua importância e dos novos projetos de suas carreiras. “A Mostra como um todo é muito especial. Fico lisonjeada de poder estar aqui, compartilhando esse encontro tão importante para o Brasil”, declarou Sabatella, que estava acompanhada do amado Fernando Alves Pinto (43). Divulgando seu novo filme, o chileno Caleuche (“É um longa de gênero fantástico, o que foi completamente novo para mim”, declarou), Giselle Itié também adiantou suas novidades para a televisão. “Este ano estarei na série 'Mandrak', na HBO”. A bela Marisol Ribeiro é outra que está cheia de novos planos. “Vou começar as filmagens de ‘Apneia’. Tem um elenco maravilhoso com a Marjorie Estiano (30)”, contou. “Na TV, acredito que volto no ano que vem, logo no início. Mas por enquanto não posso falar nada”.

A abertura foi comandada por Serginho Groisman (62) e Marina Person (43). “Falar de cinema para mim é sempre gratificante. Eu quase fiz cinema no lugar de jornalismo. Sempre me identifiquei muito com o gênero. Desde criança sempre tive uma ligação muito legal com os filmes”, afirmou o apresentador do Altas Horas.“É importante ressaltar a importância desse festival tanto para São Paulo e principalmente para o Brasil”, avaliou Marina.

Este é o primeiro ano que a Mostra de SP acontece sem a presença de seu criador, Leon Cakoff, morto em 2011. “Cakoff deixou seu legado e ano que vem estarei aqui novamente, como ex-prefeito e amante do cinema”, disse o prefeito Gilberto Kassab (52). “A Mostra não seria esse sucesso todo não fosse o carinho especial dos moradores de São Paulo com os filmes expostos. E hoje em dia o Brasil é visto de uma maneira diferente por causa de circuitos como esse”, completou Marta Suplicy (67), ministra da cultura.