Arieta: 'Darcy esquentou a novela'

sábado 21 maio, 2011
Arieta Corrêa
Arieta Corrêa Divulgação


CARAS Online conversou com a atriz Arieta Corrêa, que interpretou a misteriosa Darcy na novela 'Insensato Coração'. Personagem foi responsável por uma crise de ciúmes no relacionamento entre Pedro (Eriberto Leão) e Marina (Paola Oliveira). Confira nossa conversa!

Aos 34 anos, a experiente atriz de teatro Arieta Corrêa se surpreendeu quando recebeu o convite de André Reis - produtor de elenco - para integrar o corpo de atores da novela Insensato Coração, de Gilberto Braga. Sabendo que participações realmente especiais na televisão são cada vez mais raras, ela viu em sua personagem Darcy uma oportunidade para engrandecer uma boa trama. Darcy, uma contrabandista de obras de arte, entrou na novela colocando tudo de cabeça para baixo. Interessou-se pelo protagonista Pedro (Eriberto Leão) e deixou a mocinha Marina (Paola Oliveira) morrendo de ciúmes. Como artifício, usou do poder da sedução (algo que teve que trabalhar muito, já que a atriz diz não ser nada vaidosa) e de seu ar misterioso para conquistar os personagens e, claro, o público. Deu certo. "Senti que o público me recebeu muito bem. Fiquei sabendo que nos dois últimos capítulos em que a Darcy aparece foram os dias de maior pico da novela desde que ela estreou. Quer dizer, ela marcou mesmo na novela, e estou muito feliz com isso", contou Arieta, em entrevista exclusiva para a CARAS Online. Atirada, mau caráter e perdidamente apaixonada, Darcy rendeu à sua intérprete um leque de detalhes ricos com que a atriz pode se debruçar e fazer o que mais considera importante no processo do ator: preparar uma boa personagem; mesmo que isso signifique dar vida a uma pessoa muito diferente de si mesma. "Quando estou afim de alguém, não saio me atirando que nem a Darcy fez com o Pedro. Eu sou a moda antiga, tem que abrir a porta do carro para mim e me convidar 10 vezes para jantar", afirmou. Confira a entrevista na íntegra: - Como foi viver a Darcy em 'Insensato Coração'. Gostou da experiência? Darcy é uma personagem muito rica.Tem um perfil de mau caráter e é cheia de contradições. Isso, para um personagem, é muito bom. Ao mesmo tempo, ela é uma mulher apaixonada, nutriu um sentimento de verdade pelo Pedro. Foi uma participação especial mesmo nessa novela. - Como se preparou para esse papel? Tive um tempo para criá-la. Tive duas semanas em que eu ficava brincando, treinando em frente ao espelho, indo ao mercado pensando em como ela diria as falas dela. Consegui idealizar o estilo dela, que é meio europeu, junto com o pessoal do figurino da TV Globo. Conversei muito antes com o pessoal da produção até chegar ao resultado final. - Existe algo em comum entre a Arieta e a Darcy? Achei a Darcy muito diferente de mim. Principalmente no amor. Quando estou afim de alguém, não saio me atirando que nem a Darcy fez com o Pedro; ela se jogou mesmo, agarrava ele, era muito explícito. Eu sou a moda antiga, tem que abrir a porta do carro para mim e me convidar 10 vezes para jantar (risos). - Mesmo se for o Eriberto Leão (risos)? (risos). Olha, fiz um filme chamado 'Um Homem Qualquer' em que atuava como a mulher do personagem do Eriberto. Então, nós tivemos um pré-laboratório de casal. A gente é muito amigo. Ele é um cara que eu admiro demais, como ator e principalmente como um ser humano. Tenho o Eriberto como um irmão. - Você sentiu uma boa repercussão da Darcy com o público da novela? Senti que o público me recebeu muito bem. Eu vou ao dentista, ao mercado, e falam coisas boas para mim. Desde a estética, dizendo que eu estou bonita na novela -o que é ótimo de ouvir (risos) - e também falando que a personagem está muito bem na novela. Recebi muitas gratificações. Até deixei meu filho, Gael, de 2 anos e meio, [filho de Arieta com o ex-namorado, o também ator Rodrigo Veronese) assistir algumas cenas. - Ele gostou? Não é programação para a idade dele, e eu sou muito chata com isso. Só compro coisas educativas para ele. Mas, nesse dia a televisão estava ligada e ele assistiu a uma cena minha. Aí eu sentei com ele e expliquei que o que a mamãe estava fazendo era um personagem, igual o Buzz Lightyear e o Woody [personagens da animação Toy Story que ele adora. Ele sabe que eu sou atriz e entende bem isso. Já foi me assistir em peças de teatro e eu sempre dizia 'filho, isso é ser ator, a gente vive outras pessoas, entendeu?'. Tento esclarecer para ele como tudo funciona. Gael já até sabe dizer 'novela' na linguagem própria dele (risos). - Para você, Darcy foi uma personagem marcante nessa trama? Acho que sim. Ela deu uma esquentada na novela. Fiquei sabendo que nos dois últimos capítulos em que a Darcy aparece - naquela sequência da perseguição da Marina até o momento em que ela é presa - foram os dias de maior pico da novela desde que ela estreou. Quer dizer que marcou mesmo e estou muito feliz com isso. -A pergunta que não quer calar: Darcy voltará para se vingar? Não sei o que acontecerá agora. Gravei até onde foi ao ar. Agora, estou aguardando, veremos o que vem aí pela frente.
por por Karen Lemos

Atualizado sábado 21 maio, 2011 (165267)

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

    Assine Caras e Ganhe um colar decorado com cristais de Swarovski

ÚLTIMAS NOTÍCIAS